O que fazer caras como na cama

Transforme o sexo oral em um 69. Tornar algo mundano em algo inusitado é uma façanha! Quando você perceber, estará enlouquecendo um homem na cama como nunca. Pornô. Nós sabemos que você vê! Seja por curiosidade ou indulgência, ver pornô com o parceiro pode fazer você saber as coisas que deixam ele excitado e que você não sabia. M esmo que sexualidade seja um assunto cada vez discutido abertamente na mídia, não são poucas as pessoas que ainda sentem vergonha ou medo de abordá-lo. Falar o que quer na cama não deveria ser tabu em pleno 2020, mas infelizmente ainda é. Além disso, isso também ajudará você a começar bem e a já resolver a questão do orgasmo, para que ambos estejam na mesma página depois de fazer sexo. 2.Como durar mais tempo na cama: Coloque um anel peniano. Os anéis penianos circundam a base do pênis, geralmente ao redor do corpo do pênis, testículos ou ambos, diz O’Reilly. Como homens, estamos sempre atrás de novos conhecimentos, posições e técnicas para melhorar o nosso desempenho na cama. Uma das principais maneiras que os caras tentam encontrar para melhorar o sexo, é descobrir como ter ereções maiores e mais duradouras. Sem contar que esse comportamento, quando repetido diversas vezes, cria um hábito que pode influenciar o seu desempenho na cama, tendendo à ejaculação precoce. Portanto, quando for se masturbar, faça em um local onde tenha privacidade e tempo disponível. Ela é uma promessa, tem potencial, e sabe como ninguém os paranauês de como te deixar com vontade (ou, no jargão de Fórmula 1, ajustar o carro). Mas basta levá-la para cama para ela mostrar que é uma negação. É desengonçada, não sabe como pegar, chupar, tudo que ela faz te broxa. Você dá um voto de confiança, mas tudo vira um ... Algumas crianças usam o banheiro quando começam a se preparar para ir deitar, ao se aprontar e colocar o pijama, escovar os dentes etc. Na técnica de usar “duas vezes” o banheiro, é preciso que o seu filho, além de fazer xixi neste momento, faça uma segunda vez antes de ir para a cama. Aprender a ser boa de cama é muito mais fácil do que você pensa. Você não precisa de se transformar em uma estrela pornô, ou numa contorcionista maluca para agradar seu amado e ter um bom sexo. como ser boa de coma Mas algumas dicas, poderão ajuda-la em muito a ser boa de cama, e irão agradar bastante ao seu parceiro. como enlouquecer um homem na cama É normal as crianças fazerem xixi na cama até os 5 anos de idade, mas é possível que elas aos 3 anos deixem completamente de fazer xixi na cama. Para ensinar seu filho a não fazer xixi na cama, os passos que poderá seguir são: Não dar líquidos para criança antes de dormir: Assim a bexiga... Como Levar um Cara Pra Cama. Atenção, garotas! Você está de olho naquele carinha gostoso da sua turma de inglês? Ou talvez seja aquele gatinho que você vê no bar toda sexta. De qualquer forma, continue lendo para algumas dicas de dar água...

Terminei um namoro por causa de fetiche com porra.

2020.09.24 00:22 gabiapreta Terminei um namoro por causa de fetiche com porra.

Nem sei como começar isso mas prefiro desabafar aqui do que acabar mandando mensagem pra ele... Comecei a namorar em março um garoto que conheci no Tinder em dezembro do ano passado, mesmo conhecendo ele a menos de 1 ano, com a quarentena acabamos ficando muito próximos e estava bem envolvida...
Eu curto BDSM e a gente fazia sessões de D/S na cama, durante as sessões ou mesmo em algumas situações no dia a dia dava muito tesão obedecer, mas ele tem um fetiche muito forte em me fazer engolir e isso é uma coisa que (além de exigir preparação) eu nunca tinha feito com ngm. Depois de algumas tentativas percebi que não consigo fazer isso sempre, mas ele continuou insistindo e forçando, quase exigindo que sempre que eu chupasse eu engolisse a porra dele...
Ele ficou insistindo tanto que começou a me brochar mais e mais, toda vez que estávamos transando ele dava um jeito de trazer essa pauta... Cara, eu amo ele, a gente tem uma sintonia gostosa, trocamos muito mas ele ficou realmente obcecado com esse fetiche. Ele tem alguns transtornos depressivos e parou a medicação recentemente, fiquei pensando se isso não tinha ligação, tentei ser compreensiva e até banalizei o fato dele querer me forçar a fazer algo que eu claramente não gosto... mas enfim, ontem tivemos uma briga que ficou evidente que "se eu não fizesse ele ia buscar outra pessoa ou uma prostituta que faça".
Eu fiquei bem puta.
Fiquei puta porque ele jogou fora tudo o que a gente tinha por um fetiche, enche o cu de maconha e acha que pode falar o que quiser pra qualquer um, se acha superior a todo mundo e tem discurso de gamer-incel que sofre por mulheres 2D. (Ele chegou a dizer que eu não engolia mais "pq eu não o via como Chad" "pq eu sou secretamente lésbica" e o melhor foi " não engulo porque não respeito a semente dele")
Estou escrevendo isso e rindo de desespero, terminei com ele ontem depois de perceber o absurdo dessa discussão...
Eu mulher (25) ele homem (24).
submitted by gabiapreta to desabafos [link] [comments]


2020.09.23 03:32 MEIXXMO Apenas expressando minha raiva :)

Alerta palavras de baixo calão que eu odeio falar, mas é, não dá pra segurar :)
Porra cara, acham que eu tenho paciência infinita?? CARALHO, VAI SE FODEER
O BOSTA do meu irmão fica gritando enquanto joga essas merda de jogo, sério, ele não faz mais nada além disso. As aulas online? Ele meteu o foda-se e reprovou em sei la o que.
Esse filha da puta adotado ("adotado" é zoeira :v porque a minha que não é puta saca) NÃO FAZ ABSOLUTAMENTE NADA. Ele só fica sentado lá com a bunda gorda achando que tá certo ficar gritando, que ta certo ficar pedindo coisa cara pra minha mãe, que ta certo não obedecer ela, enquanto tipo, ela só pede coisa basica cara.
Esses dias eu lavei a roupa, estendi, tirei e dobrei e guardei só as minhas, aí, naturalmente, minha mãe pediu pra ele guardar as coisas dele e acabou que ele só jogou as roupas dele na cama dela (eu, minha mãe e ele ficamos no mesmo quarto, aí as camas são encostadas, e ele só jogou de lado) PORRA VELHO
Quando EU desobedeci ela fiquei um ano sem celular, enquanto ele não ficou NEM UM DIA. VAI SE FODER
Esse moleque é um folgado mimado do caralho, fica pedindo pra eu fazer doce pra ele, fica cheio de mimimi com "por que você me odeia?" HAHAHAH MESMO SE EU GOSTASSE DE VOCÊ, O QUE NÃO É O CASO, EU NÃO FARIA, SEU MONTE DE LIXO. POR QUE SERÁ QUE EU TE ODEIO? HEIN? TALVEZ SEJA ESSAS MERDAS QUE VOCÊ POSTA? "Eu entendo as pessoas que querem se matar" VAI SE FODER. VOCÊ NÃO TEM NOÇÃO DO QUÃO MERDA É ESTAR CIENTE DA PROPRIA MORTALIDADE O TEMPO TODO.
O sentimento que faz você do nada chorar, querer gritar, descontar no próprio corpo, o sentimento que faz você querer nunca ter nascido, que te faz pensar que você não merece um amanhã, que você, mesmo levantando da merda da cama, te faz saber que você so vai ser a inutil de sempre. VAI SE FODER. EU TE ODEIO.
Eu quero tanto, tanto subir em cima dele enquanto dorme e envolver minhas mãos no seu pescoço. Quero ver a sua expressão desesperada, com medo e arrependida. Já imaginei tanto isso e sei que nunca vou fazer por ter noção, mas ainda assim, ah... Não podem me prender por imaginar, certo? Isso não é errado, afinal, não posso controlar isso. Essas são somente as consequências das atitudes dele, o rapaz que não para de me encher o saco, que fica chorando pra mamãe toda hora se eu faço qualquer coisinha, VAI SE FODEEEER
Porra, que raiva, sério, eu odeio tanto ele... E adivinha, por ele ficar gritando, o meu vô não para de reclamar PRA MIM. ELE FICA FALANDO PRA EU MANDAR ELE CALAR A BOCA, MAS POR QUE EU TENHO QUE FAZER ISSO??? ELE NÃO ME OUVE, QUANTAS VEZES FALEI ISSO PRA ELE? VAI SE FODER, NÃO SOU ALGUÉM PACIENTE, A QUALQUER HORA EU VOU SÓ CHUTAR AQUELA PORTA QUE FICA DO LADO DA CADEIRA DO MEU IRMÃO E COMEÇAR A GRITAR COM ELE SE ISSO CONTINUAR
EU NÃO AGUENTO MAIS. PORRA. VAI SE FODER
Enfim, hoje tá tão chato, esse dia tá uma merda, ou sei lá, eu que acordei com o pé esquedo hoje, porque ahhhh droga
Hoje eu comi um tostex de almoço, uma banana como janta e pra encher a barriga fiquei bebendo um monte de água e mais da metade da panela de brigadeiro, e tipo, eu achei o leite condensado no fundo do lugar lá, do armario, sei la, e agora não sei se tava podre, porque minha barriga tá mal... mas o leite condensado teria cheiro ruim não? A vey, foda-se, não importa, mesmo se eu souber minha barriga vai continuar nessa
AAAAHHHHHHH
e no fim desse dia irritante, minha mãe fez uma vozinha que é fina com uma dança qie me irrita porque sei la, VER GENTE FELIZ ME IRRITA? TUDO ME IRRITA? EU NAO SEI MAIS, DO NADA EU NAO TO CONSEGUINDO FICAR DE BOA, COMO SEMPRE, SEM ME IMPORTAR E SEI LA, MESMO SE EU PENSAR NA MINHA CACHORRINHA EU FICO COM RAIVA PORQUE EU NÃO SEI MAIS O QUE FAZER.
Eu to sentindo culpa, tipo, teria sido melhor se ela não tivesse comprado ela... tipo, eu não acho que sou uma boa dona ,_, eu sempre trato ela com carinho e não esqueço da comida dela (tanto que ela tem 1 quilo a mais do que deveria ter : ^ ) mas eu não sou alguém eletrica, alguém que tem energia pra brincar ou sei la, porque eu sou uma sedentária de merda sabe...
E eu brinco com ela sim, eu vou e pego os brinquedos da boca dela e jogo ou fico puxando a minha manga que ela morde (eu deixo mesmo, ela é fofa demais) mas sei la, parece não ser o suficiente... tipo, quando eu passeio com ela é aqui no quarteirão, algo bem rápido que já me faz suar pacas, mas não é o suficiente...
Ela agora tá lambendo a patinha dela saca, aparentemente indica que ela está nervosa (de acordo com o google e meu padrasto que já teve varios doguinhos), e eu to me sentindo um lixo de dona, porra, ela também não para de chorar querendo que eu pegue as coisas que ela deixa de baixo do sofá (o que ela faz propositalmente pra me chamar pra brincar, o que eu acho fofo/divertido/inteligente mas o tempo todo acaba sendo irritante, mas eu não quero ficar irritada com ela e AHHH MERDA MERDA MERDA MERDA MERDA
EU SOU UMA MERDA QUE RAIVA
EU QUERO SER ALGUÉM MELHOR, EU QUERO FAZER EXERCÍCIOS PRA FICAR BONITA E ESTUDAR UM MONTE PRA SEI LA, IR PRA UMA FACULDADE OU FODA-SE SACA
Mas ainda assim, eu penso "pra que?"
"Isso vale a pena?" "Mesmo se eu conseguir, e daí?" "eu deveria só prar totalmente com esse esforço inútil"
Sabe, sempre que eu lembro de esforço eu lembro de um dia horrível que tive antes dessa pandemia na minha escola.
A gente tava jogando queimada ae eu era a última pra conseguir acertar alguém pro nosso time ganhar, e tava todo mundo gritando comigo. "Se nao queria não jogava" "vai logo" "o x é melhor" e outros gritos que realmente só me fizeram piorar... isso somado ao fato de que quando eu jogava a bola, o garoto pegava e jogava pro outro lado da quadra, o que realmente estava me cansando...
Eu lembro exatamente o que eu tava pensando naquela hora, o que é vergonhoso demais pra eu escrever, mesmo sendo na internet ; -; ksk, mas é, Ai no fim, faltando 10 segundos, naqiela contagem regressiva eu fui e consegui acertar ele, e eu nunca me senti tão mal.
Todo mundo tava alegre, cantando Vitória e dando toca aqui, enquanto eu tava lá patética chorando demais, e nessa hora eu fui correndo pro banheiro, e até hoje eu não sei se aquele urro que eu dei de dor foi muito alto, porque depois de alguns minutos um monte de garotas apareceram lá, e depois a professora de ed. Física apareceu.
Eu me arrependo daquele dia, eu fui babaca quando deixaram um copo de água lá pra eu beber e eu chutei ;-; eu sei quem foi, não sei como, mas queria pedir desculpas... sei lá cara
Quando a professora começou a falar eu só tapei meus ouvidos e fiquei lá, em cima da privada, escondendo meu rosto com minnhas pernas enquanto chorava. O quão patética eu sou? E depois, quando eu tava na aula, o rapaz que eu acertei e que tava jogando a bola pro lado oposto que eu tava me pediu desculpas e saiu. Eu nunca me senti tão miserável, porra, ele não fez nada, ele não devia pedir desculpas, ele só tava jogando de boa. E eu lá, só concordei com a cabeça e quis chorar de novo.
Porra, antes eu tava mo puta, agora to triste bagarai ;-; kkkkkkkk, que merda, escrevi outro testamento ,-,
submitted by MEIXXMO to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 15:38 Carbeiro #Perdida... relacionamento

Eu parei para pensar ontem sobre algum lugar que eu conseguiria desabafar sobre as coisas que venho sentindo, e que bom que encontrei esse espaço. Me sinto perdida por diversas coisas, mas ontem me peguei pensando por questão do meu relacionamento.
Meu marido e eu não fazemos mais amor como antigamente.
Na verdade, parece que ele desaprendeu como é fazer uma mulher se sentir com tesão. Começo a pensar nisso e já fico revoltada. Ele chega de supetão, "esqueceu" que existe preliminares... é surreal!! Ontem ele me abraçou na cama e já me jogou pra cima dele, como se eu estivesse preparada... nem molhada eu estava. Achei bizarro, mas já estou com preguiça de ter que falar isso pra ele.. não me conforme de TER QUE FALAR SOBRE ISSO com ele na verdade! Eu tenho amigos gays, ele até gosta deles, mas vejo muito preconceito da parte dele com a forma que meus amigos falam e agem... sabe aqueles "machos" que ficam incomodados?? Isso me chamou atenção... Eu acho que ele deve ter algum desejo de pegar um cara... Digo isso, porque ele ama sexo anal, e parece que faz mais questão por ele do que o normal.
Eu não gosto de fazer oral em mim... isso é mega revoltante!! Posso contar nos dedos as vezes que ele fez... e na última vez, até brochou.
Sinto que ele fica MUITO EXCITADO quando faz anal e dá mais atenção e quer demorar mais quando estamos nesse momento. Uma vez ele me perguntou se eu não tinha vontade de transar com ele e um negão junto...OI??? Achei muito estranho... deve ser o desejo dele... mas ele não assumiria de forma nenhuma.
Ele também parece que perde a voz quando vamos fazer amor, o cara não FALA NADA!!! NADA MESMO!! Eu que sou pra frente, que fico perguntando, pq se não, demoro demais.
To cansada!! e não sinto mais nenhum prazer por ele... só faço para cumprir meu papel de esposa...
Estamos casados a 11 anos,... no início era ótimo, mas agora...
Vim aqui desabafar sobre isso, porque não tenho ninguém para conversar sobre... e sinto que vou explodir.
submitted by Carbeiro to desabafos [link] [comments]


2020.09.21 12:02 Silverwxyz Meu parceiro gringo rico me agrediu fisicamente e me jogou na cara que sou brasileiro prostituto

Quem aí é pobre e gostaria de um príncipe encantado pra te tirar da miséria e viver num castelo… de preferência na Europa com um bom padrão de vida? Pois é, encontrei algo parecido (só que não). Quem procura esse tipo de coisa ou aceita entrar nessa talvez seja bom saber que muitas vezes a vida não é esse conto de fadas.
Resolvi tentar minha sorte na Europa, Itália. Sou professor de inglês formado, sempre fui independente, mas na Europa dificilmente contratam um brasileiro pra dar aulas de inglês. As escolas preferem falantes nativos dos EUA ou Inglaterra. Mesmo se eu tivesse 100 anos de cursos e experiência, nunca vou deixar de ser brasileiro, e a maioria das escolas nem pega o currículo. Minha formação não vale muita coisa na Europa. E o mercado pra dar aulas de português é quase inexistente.
Nisso eu conheci um cara, gostamos um do outro… fui morar com ele. Percebendo minha dificuldade pra encontrar bom trabalho, ganhando pouco, ele propôs pra eu trabalhar menos e voltar a estudar, fazer outra graduação. Detalhes: ele é rico e tem o dobro da minha idade, eu 30 e ele 60. Sim, eu prefiro homens maduros. Aí é que está o problema, aliás, vários problemas: nossa grande diferença de idade, classe social, minha nacionalidade considerada “inferior”, a fama da prostituição dos brasileiros…
Desde o início passei por várias situações desagradáveis… Alguns amigos dele me perguntaram na cara mesmo se sou prostituto brasileiro e se não estaria com ele por causa do dinheiro. Ele brigou com esses amigos por causa disso.
São muitos desafios manter uma relação assim. Já é difícil pelo fato de sermos dois homens, e com grande diferença de idade! Se ao menos ele tivesse uns 10 anos a menos, seria mais fácil eu apresentar pra minha família... Minha mãe jamais aceitaria eu estar com um homem mais velho que ela.
Algumas vezes tentei terminar a relação. Já estive prestes a sair de casa, ele não deixou e disse: “Termine seus estudos, eu gostaria muito de dar isso pra vc. Depois você vai embora e encontra alguém mais jovem que eu”. Na verdade desde os primeiros dias que nos conhecemos ele sempre tentou me comprar, com luxos, viagens, e já no início da nossa relação disse que não tem herdeiros e procura alguém mais jovem como eu pra deixar tudo. Várias vezes ele me pede pra gente ir assinar os papéis do casamento e herdarei tudo. Ele diz exatamente isso! Aliás, ele já disse que fez o testamento dele declarando que sou o herdeiro.
Eu e ele sempre fomos bons amigos, tivemos uma conexão forte, sem problemas na relação, algumas briguinhas cotidianas, nada de mais…
Um ponto negativo é que ele é abertamente racista. Costuma fazer comentários contra negros, e sempre que ele tem oportunidade ele faz piada com o fato de eu ser brasileiro, diz que venho da selva, de um país perigoso, subdesenvolvido, que faço vodu, macumba… Antes ele era casado com uma moça da Guiana e depois teve um namorado da Venezuela. Ele culpa a origem latino-americana dos ex-parceiros pelo temperamento difícil e comportamento “primitivo”. Ele gosta de pessoas mais jovens. Como seria numericamente mais difícil ele conseguir um jovem europeu que queira morar com um velho, ele tem o histórico de pegar jovens desfavorecidos do “terceiro mundo” pra ajudar a trabalhar e estudar, todos os relacionamentos dele foram assim. Ou seja, ele mostra toda sua riqueza, tenta impressionar, e depois teme que está sendo usado, comprando alguém, e nos conflitos acaba sendo racista e usando o poder financeiro pra dominar e inferiorizar.
Se eu não respeito alguma “etiqueta” ele diz: VC VEIO DA SELVA MAS AGORA ESTÁ NA EUROPA, PRECISA SABER SE COMPORTAR. Na verdade eu não me sentia ofendido, ele é alemão e eu apenas retrucava falando coisas negativas de alemães. Eram piadas de mal gosto que fazíamos um contra o outro… E como resposta eu beliscava os mamilos dele, ele odeia quando faço isso. Já era um costume nosso.
Mas essa simples besteira desencadeou um conflito. Há dois dias estávamos na rua, eu tremendo de frio, e ele fez piada: VOCÊ É UM ANIMAL DA SELVA MESMO. NÃO ESTÁ FRIO. Em resposta, belisquei o mamilo dele, e desta vez ele teve um ataque de fúria. Ele apertou meu braço com bastante força, arranhou, tirou sangue. Ele nunca tinha me atacado dessa forma. Fiquei bastante chateado e passei o resto do dia sem conversar com ele. No final do dia, mostrei pra ele os hematomas, isso não se faz. Começamos a brigar e daí ele já abriu a porteira, falou várias coisas racistas, e por fim disse que sou um prostituto. Estávamos prestes a nos atacar fisicamente, ele veio pra cima de mim pra me dar socos. Eu empurrei, fiz posição de defesa e disse: EU SOU MAIS FORTE QUE VOCÊ. SE VOCÊ OUSAR, EU QUEBRO SUA CARA E TIRO SANGUE DE VERDADE. Ele recuou, sentou-se na cama e ficou acuado ofegante, tremendo, vermelho.
Estamos juntos há 4 anos, sempre tivemos uma relação pacífica, sem grandes dramas, nada parecido com isso tinha acontecido entre nós, foi bastante extremo. Estamos sem conversar há 2 dias na mesma casa, desviando um do outro, está insuportável. Eu já fiz dois anos de curso, precisaria de mais um ou dois anos pra terminar. Na Itália é quase impossível trabalhar, se sustentar e estudar ao mesmo tempo, as aulas são em período integral, precisa de dedicação quase exclusiva.
O que vocês fariam?
Tentariam engolir tudo isso, tentar fazer as pazes e procurar terminar o curso, ter um sonhado diploma europeu. Ou desistir de tudo... achar qualquer emprego, qualquer lugar pra morar... Ou voltar pro Brasil nesse período de crise, sem dinheiro e sem muita perspectiva?
Enfim, pra quem leu até aqui fica a lição: tentem ser independentes, donos dos seus próprios narizes e liberdade. O risco de depender de alguém é sempre alto... mais cedo ou mais tarde podem jogar isso na sua cara.
...
Resumo: moro na Europa com um homem rico e mais velho que me deu oportunidade de estudar. Tivemos um atrito bobo que desencadeou um conflito, ele é racista, me chamou de prostituto brasileiro. Já fiz metade do curso. Não sei se engulo e tento terminar os estudos ou se desisto de tudo.

UPDATE: Gente, obrigado por todas as mensagens! Eu já estava me preparando pra receber pedras aqui... porque na vida real recebi várias pedras por eu ser jovem, pobre e estar com um homem mais velho e rico. Mas de certa forma me impressionei por ninguém aqui ter me julgado.
O desfecho até agora: ficamos 2 dias sem conversar. No terceiro dia, ele veio pedir desculpas, disse que ele estava um pouco sob efeito de álcool, disse que entendi errado. Ele disse: EU FALEI QUE VC ""AGE""" COMO PROSTITUTO QUANDO APERTA MEUS MAMILOS, FALEI ISSO PORQUE NÃO GOSTO QUANDO VC FAZ ISSO. NÃO DISSE QUE VC ""É"" PROSTITUTO.
Ele disse que me conhece, sabe que não sou prostituto e não faria sentido ele dizer isso. Disse que entende que sou sensível com o uso da palavra "prostituto" por causa da minha nacionalidade e situação de estar com ele, mas que não foi intenção dele atacar esse ponto. Enfim... ele tentou se esquivar, contornar a linguagem pra forçar outro sentido, que o conflito tomou uma proporção descabida, disse que foi o álcool. Não colou muito na minha cabeça, mas pelo menos ele pediu desculpas e disse que sou parte da família dele e que meu futuro significa muito pra ele...
Eu só ouvi, fui meio frio, mas aceitei o pedido de desculpas. Ele é alemão, depois disso não nos abraçamos, não nos beijamos. O clima ainda está um pouco estranho, mas tudo pacífico e tranquilo.
Obrigado por todos os conselhos!
submitted by Silverwxyz to desabafos [link] [comments]


2020.09.20 04:14 RaidenResident Meu pai é desagradável!

Nem sei se é certo falar sobre isso... Mas meu pai é meio... Desagradável... Ele só sabe falar mal das coisas, não respeita gostos... Para ele TUDO tem que ser simples. Odeio momentos juntos com a família, pq sei que não tenho nada para falar, nós só nos reunimos comemos... Reclamamos e vemos tv, oq é uma briga, porque minha mãe só sabe ver jornal, e meu pai... Só quer saber de filme de ação e violência, a briga pela tv é constante. Nesses momentos eu só termino a comida rápido e saio da mesa. Meu pai só sabe reclamar das coisas que eu gosto, e não tem respeito por pessoas como eu, fala mal de Animes, dos Filmes que eu gosto, de Hqs... E principalmente... Vídeo game... Eu amo games, meu único meio de diversão, e parece que ele sente uma raiva extrema disso, sempre quando ele me pega jogando ele manda eu desligar, ou pior.. puxa direto da tomada, odeio isso! Odeia que eu durma até tarde, ok, isso todo mundo não vai concordar, pois acordar tarde realmente é uma coisa relaxada, mas cara... Ele sempre um ódio físico disse, parece até q dormir uma horinha a mais é algo nocivo e mortal. Ele odeia coisas caras, Esses dias nós nos reunimos, e conversamos sobre móveis, ele simplesmente começou a reclamar do preço dos móveis e disse que pra ele uma cama de Cimento é melhor coisa, um Barraco velho e móveis quebrados é tudo oq ele quer... Pqp... Não entendo pq isso... Nossa casa precisando de umas reformas e ele dizendo que prefere tudo velho e quebrado. Tudo que é diferente pra ele é ruim... Um cara de cabelo pintado, automáticamente, pra ele é Gay... Um pai que dança com a filha, pra ele é Gay... Uma criança bem cuidada, pra ele é mimada... Ele odeia cuidar de animais, nós temos um "Hotw" (N sei escrever), ele trata o cachorro como uma arma, o cachorro odeia todo mundo da casa, menos ele... A droga do cachorro virou o demônio, tudo porque pro meu pai, Animais foram feitos para serem dominados, Raivosos e protetores de casa, eu tenho uma cachorrinha, e o tempo inteiro ele diz que ela é uma porcaria, porque não briga, ela só quer brincar, por causa do meu pai, nós não podemos cuidar dela melhor, porque ele não gosta de gastar dinheiro com brinquedos ou comida para animais, ele também odeia ver o animal dentro de casa, em vez de educar, ele já saí espancando o animal... Ele sai de casa a noite, as vezes só volta de madrugada, bebe pra caramba, chinga, faz um monte de coisa... Desculpe dizer isso... Mas acho que tenho orgulho de não ser igual a ele, ou seguir os passos dele... Ele trabalha muito, parece ser fixado nisso, trabalhar é bom... Mas ele exagera... Quando tem um tempo livre, sai pra beber.... Pra ele, adolescente com depressão é falta de surra, e na mente dele, todo mundo tem que trabalhar desde a infância... Só porque ele trabalhou, ele quer q todas as crianças trabalhem... Ele odeia minha decisão de fazer Teatro, novamente... Diz ser coisa de Gay. Não sei se é certo falar sobre isso. Não sei se eu é que estou errado. Não sei se algum dia isso pode mudar. Só sei que eu queria dizer isso, só não tinha onde falar. Desculpe se oq estou fazendo é errado, só queria ter alguém para conversar sobre as coisas que gosto... Nesse mundo parece que ninguém me entende.
submitted by RaidenResident to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 01:37 Denin1x Se não é depressão é quase isso

Hoje eu dormi a tarde, poucas vezes eu faço isso, e nas vezes que eu faço ou eu tô muito pra baixo ou eu tô exausto mesmo. Eu não fiz nada o dia inteiro, tinha marcado na agenda de estudar, não sei, não tô com vontade.
Também não quero sair de casa, as pessoas me olham estranho, não sei se é porque sou negro ou feio, talvez um pouco dos dois, meus amigos me chamam e eu invento sempre uma desculpa pra não sair. Meus amigos são mais bonitos que eu, sempre ouço as meninas elogiando eles e eu nunca fui elogiado, não cobro, talvez eu seja realmente feio e elas não querem mentir, tudo bem. Eu já estive na listinha dos " top meninos mais feios da sala ", poxa, se eu pudesse eu não seria feio, quem vai querer isso pra si? Eu não pedi pra nascer assim, eu até já me peguei querendo estar no corpo do meu colega branco, dos olhos verdes, cabelo loiro, ele se vestia bem, era bonito, tenho que admitir. Mesmo com isso tudo eu não me acho feio, eu até gosto de mim, da minha aparência, mas eu não posso dizer o mesmo das outras pessoas, deve ter um motivo pra sempre que vão falar o que acham de mim cortarem o assunto né. Sei muito bem que eu não devo ligar pra o que pensam de mim e tals, mas poxa, todo mundo pensa assim? Então deve ter algo errado né.
As vezes eu não consigo sair de casa, quando chego na porta, percebo que tem muita gente, vão me ver, ver minha feiúra, eu dou meia volta vou pro meu quarto e deito na cama, digo que não vou sair, sei lá, invento algo na hora.
Quando eu acordei hoje a tarde me veio uma sensação estranha, já tinha sentido isso antes, me veio uns pensamentos do nada, do tipo: — cara, já escureceu, eu tô dormindo, deitado, tô quase que nem um moribundo, não tô aproveitando a vida, se bem que eu sou um merda, não tenho mais muito papo, acho que notam quando eu vou rir pra simpatizar e o riso sai todo forçado, labios tremendo como se fosse chorar, por isso o papo morga na hora e a conversa acaba.
Sei que tudo isso é minha culpa, meu pensamento e minha baixa auto-estima, mas cara, é algo lá no fundo, não existe mudança de rotina que mude, eu nem tenho mais aqueles pensamentos de morte ou algo do tipo, gosto da minha vida, mas talvez assim seja pior, viver uma vida sem aproveitá-la, como uma criança muito pobre que olha um tênis bonito que ele tanto deseja na vitrine de uma loja.
Eu já sumi da vida de várias pessoas, nunca acredito que alguém goste realmente de mim, e mesmo que fosse verdade, o que eu faria? Eu só faço merda com quem eu gosto, é melhor me manter afastado.
Falando em vida, eu já não vejo mais graça nas coisas, piadas que meus amigos fazem eu rio pra não sair como chato, não gosto mais de fazer fofoquinha sobre outras pessoas, falar sobre relacionamentos, metas, estudos, sei lá, nada mais tem graça. Eu até tenho alguns sonhos mas fico pensando as vezes eles perdem o sentido, tipo, por que eu quero trabalhar? Tá, é pra fazer coisas que gosto, mas por que fazer algo que eu gosto? A vida só é isso? Manter a cabeça ocupada com coisas que gosta até que uma hora você morre?
Eu gostava de quando era criança, parece que tudo tinha mais cor, mais brilho, o sol parecia estar sorrindo pra mim, quando assistia os desenhos eu parecia estar naquele mundo, emoções intensas, paixões. Hoje nada disso tem graça, como se tudo tivesse perdido o brilho, como se eu tivesse fazendo hora extra na terra, o sol morreu, desenhos nem tem mais graça, não sinto mais aquela paixão por alguém, e dizem que eu sou frio pra caramba.
É como se eu tivesse sabido a história de um filme sem assistir, não vai ter o gosto de mistério, eu sei como acaba, 7 palmos a baixo da terra no cemitério da cidade.
submitted by Denin1x to desabafos [link] [comments]


2020.09.11 20:47 _No_Game_No_Life_ O DESENHO QUE QUASE CAUSOU MINHA MORTE

Ola leitores e se minha historia ir pra turma feira Olá Luba, hoje vou contar a historia de como desenhos meus quase levaram a uma Treta feia, Então vamos lá
Eu sou uma pessoa que gosta muito de desenhar, é meu hobby desde sempre, mais eu não faço apenas desenhos convencionais, na maioria das vezes eu pego cadernos meus e começo a fazer mangás/HQs, eu não sei exatamente como definir em palavras, eu considero um mangá porque eu pego o universo de algum anime e adiciono meus proprios personagens que são todos baseados em pessoas que conheço, incluindo a mim mesmo.
Recentemente eu dei inicio a um sobre Kimetsu no Yaiba, que é um dos meus animes favoritos, eu tive essa ideia a partir de uma fanart que vi do Luba no universo de KNY, e eu achei muito incrivel a fanart e quis tentar fazer a mim mesmo nesse universo, e eu gostei tanto do resultado que decidi tornar um mangá, e em todos os meus mangás envolvendo a minha pessoa, eu dou a eles um dos traços da minha personalidade, tem o meu personagem debochado, o determinado e etc...
Só que nesse mangá, eu adicionei um traço não muito familly friendly, um personagem totalmente mente-poluida e de Humor extremamente duvidoso, é aquela pessoa que se fosse um youtuber não teria sequer um video monetizado, quer um exemplo de personagem igual a ele? imaginem o Jiraya só que homosexual, então.. é nesse nivel..
Aliás, Meu mangá não é só Kimetsu no Yaiba, quando eu tava desenhando eu tive uma idéia..."E se eu fizesse um Crossover de KNY com Attack on titan", eu amei o resultado kkk, ficou tipo um universo com Onis e titãs e que os humanos atacas os titãs usando as técnicas de respiração de KNY
agora vamos para o Plot principal dessa historia, como eu fiz um personagem NSFL, eu não podia nem sonhar em alguem da minha familia ver isso, eu escondi esse caderno no quinto dos infernos onde ser humano nenhum pudesse encontrar, até um dia que cometi um deslize... depois que eu terminei de desenhar uma pagina (eu atualizo os mangás toda noite) então como era bem de noite umas 2:00AM eu dormi com o caderno ABERTO em cima da cama e para o meu grande azar quem me acordou foi minha mãe no outro dia pq ja era hora de tomar meu remedio de epilepsia e ela viu o caderno lá ela não mexeu no caderno e eu tava deitado ainda quase voltando a dormir, quando ela disse "oque é isso aqui?" meu amigo, eu levantei voado e fechei o caderno numa furia q cês não tem noção ela me olhou com uma cara de "EXCUSE ME?"
Ela disse "OQUE É ISSO QUE VOCÊ TA ESCONDENDO?" eu gelei de uma forma, e pra vocês terem uma noção do que estava escrito naquela pagina era o seguinte diálogo um oni me disse o seguinte "Miseravel, está me subestimando? Vou comer você" e eu como um personagem puramente cômico respondi "Quer me comer sem ao menos me pagar um encontro? que rude"
Se minha mãe lesse um trem desses, eu pulava da ponte e agora estou correndo um risco maior ainda pq minha irmã tbm assiste Luba, se minha historia for a video ela vai saber de tudo isso, então depois que minha mãe perguntou o que eu estava escondendo desceu uma gota de suor do pescoço até o rego e eu respondi: "não gosto que ninguem veja meus desenhos enquanto não estiverem prontos" minha mãe me olhou com uma cara de que sabia q eu tava mentindo mais por algum milagre ela deixou pra lá, e disse "então tu vai me mostrar quando terminar" eu fiz um desenho aleatorio naquele caderno e mostrei pra ela no outro dia, depois disso eu quase infartei de ansiedade tipo "PUTAQUEPARIU QUASE MORRI" eu to tomando o maximo de cuidado depois desse dia pra nenhuma merda dessa acontecer denovo, santa protetora do brioco dai me forças.
Então, foi isso kkk obrigado a todos por lerem até aqui, não sei se quero que essa historia vá a video kkk mais se for Beijos Luba menor que TREIX
(Eu tentei mandar o desenho que fiz junto com a historia mais eu não sei se foi ou não e nem sei como caralhos mandar denovo)
submitted by _No_Game_No_Life_ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.10 23:51 Helamaa 😳👉🏻👈🏻

a carência tá imoral e eu tô procurando uma namoradinha, se vcs conhecerem alguma mina que tenha esses requisitos, me avisem redpillada channer, dogoleira, wgtow, ancap, , jogadora de poker, bv, virgem, sem amigos, crente, fã da UDR,magrela, footlet,escuta Chico Buarque, weeabo, hikkimori, otaku, gameri, hetero,federal,trader de bitcoin,hacker, defacer, cubista, penspinner, recordista de memorização de baralhos, timida, mãe de pet, hidratada, não consumidora de açucar, saudável, youtuber, netolover, pooper, cambista, shitposter, anarquista, materialista, roquista, travesquista, mono talon vlogger, blogueira, e-girl, intolerante a lactose, intolerante a gluten, grinder e hipnóloga, fiel, niilista existencialista, metaleira, headbanguer, pelo no suvaco, patriota, masoquista, ballbuster, jogadora de minecraft, buceta fedida, que não tenha medo de chuta minhas bolas pelo amor de deus eu nao consigo encontrar uma menina pra chutar minhas bolas por favor deus eu imploro nao agusnto mais isso nao eh um meme porque voces tem medo de me chutar no saco. Raça: nórdica Altura: 170cm+ Pele: 1 ou 2 (Fitzpatrick) Olhos: 7+ (Martin) Cabelos: qualquer cor, mas apenas lisos ou ondulados (FIA) Nariz: reto ou virado para cima Crânio: dolico ou mesocefálico Óculos: não Aparelhos: não Queixo furado: não Covinhas: não Orelha presa: não Orelha de abano: não Franja em V: não Pelos no corpo: muito pouco Tatuagem: não Graduação: apenas cursos voltados à pesquisa Faculdade: apenas bem conceituadas Habilidades matemáticas: sim Idiomas: fluência em inglês e mais outro idioma Álcool, cigarro, drogas: não, nenhum Personalidade: introversão Cultura: europeia ocidental RELIGIÃO: Cristã Ortodoxa Gostar de escutar rogério skylab:
Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab. O humor é extremamente sutil e, sem uma compreensão sólida de filosofia moderna, a maioria das piadas vai passar despercebida pelo telespectador médio. Há também a visão niilista de Rogério, que está habilmente tecida em sua caracterização - sua filosofia pessoal se baseia fortemente na literatura de Nododaya Volya, por exemplo. Os fãs entendem essas coisas; eles têm a capacidade intelectual para realmente apreciar a profundidade dessas piadas, para perceber que elas não são apenas engraçadas - elas dizem algo profundo sobre a VIDA. Como conseqüência, as pessoas que não gostam de Rogério Skylab são verdadeiros idiotas - é claro que eles não apreciariam, por exemplo, o humor no bordão existencial de Rogério "Chico Xavier é viado e Roberto Carlos tem perna de pau", que é uma referência criptíca para o épico Pais e Filhos do russo Turgenev. Estou sorrindo agora mesmo imaginando um desses coitados simplistas coçando a cabeça em confusão enquanto as músicas se desenrolam na tela de seu computador. Que tolos… como eu tenho pena deles. E sim, a propósito, eu tenho uma tatuagem do Rogério Skylab. E não, você não pode vê-la. É só para os olhos das damas. E mesmo elas, precisam demonstrar de antemão que possuem um QI com diferença absoluta de no máximo 5 pontos do meu (de preferência para baixo).
Rotina, Habitos e interesses: Nofap + Banho Gelado + comer carne crua + comer virado pra parede + biohack + dormir no chão + Jordan Peterson + mewing + HBD + PUA + jelq + dormir 5 horas por dia + café gelado sem açúcar + hipismo + compilação mitadas Enéas + alho cru + podcast do Joe Rogan + redpill + Brain Force + Jejum + meditação iasd + músicas para concentração, foco e inteligência + teste de QI da internet + grupos de linhagem viking do facebook + ficar longe do poste de internet 4G + youtube do varg vikernes + essência de morango da turma da mônica no narguilé + jogar vape na cara de todo mundo que tentar entrar no bloco da faculdade + 5 segundos de calistenia no deserto do atacama + darkcel + óculos do aécio na foto de perfil + ler quotes do nietzsche no brainy quote + criar galinha no quarto sem os pais saberem + Alho cru + uma colher de azeite quando acorda e outra antes de dormir + jejum de 24hrs a cada 72hrs + assistir VT no premiere logo que chega do estádio + canal Ultras World + LibreFighting + Operation Werewolf + comprar os artigos do Paul Waggener + Centhurion METHOD + humilliation exposure com a finalidade de criar uma crosta na sua mente capaz de desenvolver uma resiliência que resiste à humilhação como se ela fosse nada + tomar banho descalço em chuveiro de academia com chão mijado + musculação caseira + hackear o sono + Empreender + 10 livros de auto ajuda por mês + PUA + Selo super fã da fúria e tradição + Biokinesis + 432hz music + Mexer o pau sem piscar o cú + meditação transcendental + veganismo + minoxidil para cultivar uma barba + filmografia Jason Stataham + assistir vikings + redpill + ir no cinema sozinho + treino saitama + coach quântico + enema de café + dieta lair ribeiro + agua alcalina + O Método de Wim Hof + sabedoria hiperbórea + artigos da Nova Resistência + Biblioteca do Dídimo Matos + dormir virado pra patede assoviando no escuro pra espantar o curupira + dar 3 pulinhos toda vez que levantar da cama + dizer amém quando um 1113 azul passar por você na rua + 100 flexões por dia + 6 meses de jelq + injaculação guiada + sociedade thule + energia vril + chapéu de alumínio para se proteger das armas psicotronicas emitidas pela CIA + caderno de anotações smiliguido + pedir a bênção ao carteiro toda segunda de manhã + 3 horas de academia + 4 horas de corrida + mascar café + exercícios penianos do Dr. Rey + maratona saga Rocky + trilha sonora saga Rocky + trilogia Mercenários + filmes do Jason Statham + assoviar o hino do Palmeiras de ponta-cabeça + intro do Canal do Nicola em loop + palestras do Antonio Conte + vídeos do Rodrigo Baltar + dicas do Gustavo Gambit + aulas de italiano + dormir ouvindo Ultraje a Rigor + ler Walden pelado na mata atlântica de madrugada + ouvir músicas em velocidade aumentada + canto gregoriano árabe + ensinar hino do botafogo pra calopsita + fritar comida com banha de porco + assistir videos de situaçoes de risco com a finalidade de se preparar para o perigo + Terapia Holistica com formandos da UFPR no Jardim Botânico + Radiestesia para harmonizar vibração da casa + Metatron 432HZ no YouTube entoando a oração EU SOU + ler O Código da Vinci + Jesus Quântico + Barra Fixa na praça de madrugada escutando audiolivro do Jordan Peterson na voz do cara dos Fatos Desconhecidos + grupo POPEYE AFIANDO A PIKA + MyInstants AEEE KASINAO + Memes do Fausto Silva + ler O Evangelho dos Animais + stories do Copini no Instagram + Canal SocialGames7 com Gustavo Gambit e CIA + textos de Raphael Machado (Nova Resistência) + ser ex-membro do grupo Comunismo Ortodoxo + Monja Coen + Fazer origami com papel do bis + perder dinheiro com maquina de pegar ursinho + fumar palheiro com o avô + quebrar palito de dente no meio depois que usar + rezar Pai Nosso em aramaico + tentar se comunicar com o ashtar sheran + virar catequista e passar Plínio Salgado para as crianças + Limpeza de 21 dias de São Miguel Arcanjo + arrancar a fimose comendo cu apertado de galinha caipira + Regata branca WifeBeater com calça jeans clara e bota marrom + Ingressar na legiao estrangeira + Comprar toras de eucalipto pra reproduzir o centurion method mas nunca começar o treinamento + vender máquina de cartão de crédito + ler os escritos do Unabomber + Escutar a discografia do Paul Waggener + ler todos os livros do Pavel Tsatsouline + ouvir rap eslavo de cunho político suspeito + café com um cubo de manteiga dentro precedendo a primeira refeição do dia + beber 2L de leite por dia + Stronglifts 5x5 + Dieta Cetogênica + Canal Jason PROJETO GIGA + Cd do TRETA + comprar torre de chopp no prensadão + 2 cápsulas de Tadalafellas antes do sexo + só comprar comida japonesa importada pra dieta + comer arroz sem sal com peixe cru sem tempero enrolado em folha do fundo do mar + memes da página Dollynho Puritano + Deus Vult na capa do Facebook + acessar o dogolachan pelo computador da escola pra postar fanfic gay do Gilberto Barros + Trollar atendentes do mcdonalds no habbo hotel + ligar para o Motel Astúrias perguntar quando custa a bolacha Bauducco que aparece no site + Mandar entregar pizza na Rua dos Tamoios casa n°18 com portão vermelho + cosplay de russo no Omegle pedindo pra mostrarem a bunda + Dormir imaginando uma linha pra fazer viagem astral + recitar Homero pra mendigo + tomar antibiótico no café da manhã + Meditar imaginando o raio de luz violeta que representa a energia transmutadora + Workshop Reiki do Canal Luz da Serra MULHERES TERRAPLANISTAS RALEM.
Primeiro de tudo! Vai tomar no cu, MULHERES terraplanistas! Junto com todas que me contrariaram nos últimos meses falando "dur hur você não sabe nada de paleontologia, vai assistir seus desenhos filipinos e não encha o saco". TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! LERAM DIREITO? TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! A farsa ficou tão óbvia, que eles não tem mais como esconder que TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! Alguns mais penas, outros menos penas, MAS TODOS TEM. E aproveitando no mesmo vídeo, NÃO TEVE METEORO PORRA NENHUMA! Provavelmente as mudanças climáticas naturais, junto com a separação gradual dos continentes, é que extinguiu a mega-flora e a mega-fauna. E se teve algum meteoro, apenas acelerou o processo em uma região muito especifica. Agora só falta as ((especialistas)) e a (((Academia))) admitir que dinossauros nunca existiram e que foi tudo um erro grotesco de interpretação de pessoas que não sabiam que caralhos eram aqueles esqueletos. São apenas aves e mamíferos ancestrais de milhões de anos atrás. E antes que eu me esqueça, vai todo mundo que me contrariou tomar no cu!
GOSTAR DE MIM POR QUEM EU SOU E NAO PELA MINHA APARENCIA
Sério, de verdade, ser uma pessoa bonita não é fácil em nossa sociedade atual; não é só os olhares de desejo das mulheres e dos homens que me incomoda, e sim, o fato de ser só isso para as pessoas. Sou muito mais que apenas um cara bonito. Tenho qualidades além dessas, e saber que as pessoas não ligam para elas, pois estão entorpecidas de anseio pela minha formosura, me entristece muito.
Não suporto mais ser bonito. Tudo que eu queria era poder nascer de novo num corpo de uma pessoa feia, pois sério, vocês não sabem como me dói saber que por culpa de algo que nasceu em mim (a incrível beleza), serei rotulado eternamente por isso.
Eu trabalho, estudo, procuro, conheço, aprendo! Sou um ser-humano como qualquer outro e não só mais um rostinho bonito.
Pergunta antes de eu poder te namorar: Você é ocultista?
Essa é a pergunta de um milhão de dólares que raramente vejo sendo feita.
Se você ainda não for, pra se tornar minha namorada precisará ser e aqui está como fazer isso
É fato que a maior parte da literatura especializada ocidental acredita em Deus e Cristo, somente olhando-o por uma lente diferente. Não há um ritual que lhe aproxime de Deus, as coisas raramente são tão simples. Entretanto, com estudo e meditação o caminho começa a ficar mais claro.
Entenda que não sou nenhum senhor da verdade, e o que te falo hoje posso descobrir ser mentira amanhã. Saiba também que um dos maiores problemas desse meio é a falta de um início claro, sendo as obras tidas como introdutórias porcarias completas. Dito isso, lhe respondo o seguinte:
  1. O caminho mais completo para se aproximar do que você quer começa com noções do pensamento Helênico. Entenda que boa parte da visão de mundo cristã vem da antiguidade clássica, principalmente as noções de harmonia e belo. Não te peço para ler tudo o que já foi jogado ao chão pelos gregos, mas saiba um pouco das origens das coisas. Tenha uma ideia básica dos quatro humores gregos, e que essa é uma das origens para atribuirmos personalidades aos elementos da natureza. Entenda um pouco dos seus deuses e Cosmos, porque eles serão utilizados no futuro de forma metafórica em textos. Saiba que quando aparecer um hermafrodita em um texto especializado não há conexão com desvios modernos, mas com um simbolismo mais antigo (Salvo engano, sua origem é Platônica. Mais especificamente, O Banquete, durante os discursos sobre amor).
  2. Entenda que boa parte da origem da magia ocidental vem da confluência da cultura grega com a egípcia, incluindo a alquimia. A tábua esmeralda é um texto obrigatório. Leia um pouco sobre o Axioma de Maria, A judia. Aprenda um pouco da simbologia alquímica, porque será importante para você no futuro. É dentro da alquimia que irão discursar sem final sobre a trindade (pelo menos os da corrente de Paracelso). Não se pretenda nenhum mestre dos espagíricos, porque os químicos farão isso melhor do que você. Entenda que não havia essa separação absoluta entre o material e o espiritual, então os dois conhecimentos andaram juntos ao decorrer da história. Entenda também que haviam escritores voltados especificamente para a alquimia espiritual, enquanto outros à química.
  3. Estude a Cabala. Eu entendo que para alguns seja difícil dar atenção à Cabala Judaica com o surto conspiracionista chanístico sobre a índole de todo um povo, mas querendo ou não o judaísmo é o Pai da fé cristã, sendo Jesus judeu. Entenda que a árvore da vida é um estudo sobre Deus e suas emanações, e dela virá uma boa parte de seu conhecimento.
  4. Leia as coisas atuais sobre o assunto. Dê atenção aos escritores herméticos, principalmente.
Ocultismo é um saco, pelo menos se você for estudar seriamente. Você pode perder a vida se tiver um projeto ambicioso como se aproximar de Deus.
Você também pode pular algumas etapas no que te falei. Sobre a parte do pensamento grego, saiba que boa parte é "dispensável". Dito isso, recomento que entenda um pouco sobre o funcionamento do Cosmos de Ptolomeu. Entenda também alguns dos símbolos planetários, porque seu entendimento irá lhe ajudar no futuro.
Pra me namorar também tem que gostar dos animes:
Akame ga Kill! Akarui Sekai Keikaku Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Criminale! Dog Style Domina no Do! Eden no Ori Evangelion Fullmetal Alchemist K-on! Naruto Shingeki no Kyojin Yu-gi-oh
Sobre assistir Yu-gi-oh; quando eu era adolescente, gostava (na época que passou na TV Globinho e era moda), mas hoje em dia não gosto mais; então não assistiria de novo.
Quanto às minhas lembranças marcantes de Yu-gi-oh:
Em 2003, Yu-gi-oh era moda e todo mundo na escola da quinta e da sexta série jogava com cartinhas piratas, já o pessoal da sétima e da oitava não se interessava. A propósito, em 2003 tiveram duas grandes modas de brinquedos baseados em animes, cartinhas de Yu-gi-oh e Beyblade. Outro brinquedo que todo mundo da quinta e da sexta série levava pra escola em 2003 depois que passou a moda de Yu-gi-oh e começou a moda da Beyblade era a Beyblade.
Outra lembrança marcante que tenho de Yu-gi-oh é que em 2003 na escola o pessoal criava suas próprias cartinhas, fazendo desenhos e estatísticas.
Fujimura-kun Mates Gantz Gou-Dere Bishoujo Nagihara Sora♥️ Higurashi no Naku Koro ni Kai: Matsuribayashi-hen Hitsugi no Chaika Ichigo 100% Ichinensei ni Nacchattara In Bura!: Bishoujo Kyuuketsuki no Hazukashii Himitsu Jigokuren: Love in the Hell Jinzou Shoujo JoJo no Kimyou na Bouken Part 4: Diamond wa Kudakenai JoJo no Kimyou na Bouken Part 5: Ougon no Kaze JoJo no Kimyou na Bouken Part 6: Stone Ocean JoJo no Kimyou na Bouken Part 7: Steel Ball Run Kaibutsu Oujo Lucky☆Star Mahou no Iroha! Mahou Tsukai Kurohime Monster Hunter Orage Mujaki no Rakuen Needless Zero Nyotai-ka Onihime VS Oretama Perowan!: Hayakushinasai! Goshujinsama♪ Re:Marina Rosario to Vampire Saitama Chainsaw Shoujo Sankarea School Rumble Shingetsutan Tsukihime Shocking Pink! Shurabara! Sora no Otoshimono Sora no Otoshimono Pico Akame ga Kill! Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Dorohedoro Nekopara Pet Toaru Kagaku no Railgun Magia Record: Mahou Shoujo Madoka☆Magica Gaiden Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita. Isekai Quartet 2Isekai Quartet 2 Ishuzoku Reviewers Somali to Mori no Kamisama Eizouken ni wa Te wo Dasu na!Eizouken ni wa Te wo Dasu na! Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu.Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu. Jibaku Shounen Hanako-kun Haikyuu!!: To the TopHaikyuu!!: To the Top Darwin's GameDarwin's Game Kyokou SuiriKyokou Suiri Plunderer
PRE REQUISITO: GOSTAR DE FILMES DE FAROESTE.
IMPORTANTE: Se você gosta de filmes de super heroi, pare de ler e va se foder.
Se você é assim, fique longe de mim.
NÃO QUERO AS MULHERES QUE: As que falam palavrões As que fumam As que usam drogas As que postam foto com bebida Que bebem (menos 🍷, isso é coisa de dama) As que vão para balada, festa, rave etc As que postam foto com decote ou sensuais
Há uma coisa que eu quero que você entenda sobre nós os homens.
Quando você colocar uma foto sua nua no facebook, fazendo uma pose gostosa, mostrando os seios ou como vemos em várias fotos mostrando o bumbum ou deitada sedutoramente em sua cama, a única coisa que você faz é que as pessoas tenham desejo sexual por você, claro em A maioria dos casos por parte de homens.
Eu sei que você vai ficar tão emocionada com os 500 likes, 120 comentários e as inúmeras mensagens privadas! Você vai querer postar cada vez mais fotos para se sentir cada vez mais no topo.
Mas há algo importante que você precisa saber:
Na verdade nenhum desses caras que gostam, comentam ou enviam mensagens privadas te ama. Tudo o que eles querem é usá-la e depois atirá-la para o lixo, para ser honesto nenhum deles a levaria para sua casa para ser sua esposa, acredite em mim, você para eles não é mais que uma menina de programa em busca de popularidade barata No Facebook.
Os homens ricos os que tem o que você procura "dinheiro" ou os pobres admiram as mulheres que se vestem com decência e se respeitam. Uma vestimenta decente que não revela muito o seu corpo, leva-os a amar e a respeitar-te, isto a simples vista nos diz que és uma mulher virtuosa, alguém a quem se pode levar para casa para ser esposa e mãe.
Isto em muitos casos diz-lhes que você foi criada com princípios morais e lhes dá detalhes do seu bom histórico familiar.
Eles não se preocupam muito com a maquiagem excessiva, uma mulher digna de propor casamento sempre se distingue do monte, não importa como.
Valoriza seu corpo, lembre-se que para encontrar diamantes é preciso cavar, respeita, e um verdadeiro homem vai te respeitar de um modo ou de outro.
Mas você terá muito respeito: Mulher, não mostre seu corpo no facebook, você não sabe que tipo de pessoas, venha suas coisas, você é uma mulher bela, não precisa de fotos, nem mostrar tanto, você pode conquistar com sua simpatia, com seu educación con seu sonrrisa,
As que já ficaram com amigos seus, ou que ficam com mais de 3 em um único ano As que não trabalham ou estudam (ou que estão em um curso irrelevante de humanas) As que não sabem o básico de uma casa, como lavar, passar roupa, cozinhar, trocar fralda, etc As interesseiras As que estão pedindo presentes sempre As que já estão comprometidas As não gostam de crianças ou dizem que não querem ter filhos (pessoas que não querem ter filhos não são confiáveis) As que tem piercing de bufalo
submitted by Helamaa to smurfdomuca [link] [comments]


2020.09.10 16:51 Linpert GT do maromba caçador de fantasma

GT do maromba caçador de fantasma
/CC/
[G]OLD
>um amigo mexicano da academia me leva pra fazer leitura de mão >adentramos no local mais fedido que o banco do supino as 6 da tarde >com umas porra de incenso e caveira mexicana >umas vadia cigana ja tão de olho em nós >fodase, mulher não é proteina >uma delas se aproxima e pergunta quem quer ir primeiro >instinto de maromba que vê o aparelho livre e não quer revezar ativado >estendo a palma de minha mão e contraio o antebraço >a cigana faz uma cara de susto >começa a observar minha mão >olha no fundo dos meus olhos e me diz que tem algo me observando >claro vadia >olha o tamanho do meu braço >quem não quer observar essa porra >ela diz que é muito sério e pode ser uma presença maligna >o efeito do pré ja ta batendo >taco o fodase e saio daquele lugar >indo pra academia >um frangote fazendo qualquer porra no canto com uma anilha na mão >eu sou o hitler dos frango >a favor da segregação muscular >me afasto >de repente o frangote toma uma queda >frango burro >a anilha que tava com ele vem voando em minha direção >passa raspando na minha cabeça >sinto um arrepio na espinha >olho pro anilha no chão >anilha de 3kg >frango filho da puta >vem pra academia pra levantar 3kg >vai levantar saco de feijão em casa fdp >termino meu treino normalmente >chego em casa pra o pós-treino >pós-treino não é uma refeição seu frango inutil >é o treino que vem depois do treino da academia >batendo no saco de pancadas pra aquecer >minha mão erra o saco e atinge a parede >a parede quebra >apartamento antigo do caralho caindo aos pedaços >fodase >a sala enche de poeira >quando a poeira baixa vejo que a parede era oca e tinha algo la dentro >um cranio preto com uma vela enicma, sobre um tipo de estante >wtf >vou na cozinha e jogo um pouco de sal grosso nessa porra >minha vózinha dizia que sal grosso afasta os espiritos ou alguma coisa assim >fodase preciso treinar >continuo meu treino normalmente >termino o treino, como, tomo banho e vou dormir >mas antes vou ler uns artigos do hipertrofia.org no pc >do nada, a energia cai >começo a ouvir uns barulho vindo da cozinha >me aproximo >vejo uma silhueta preta sorrindo pra mim >ela vai em direção a minha sala de treino >sigo ela >chegando lá consigo observar a silhueta melhor >analise rapida >uma humanoide palido, nú e esqueletico >esqueletico >não tinha nem 30 de braço >frango filho de uma puta >sai da minha sala de treino porra >num rapido movimento pego a caveira preta e taco no frango fantasma >ela quebra e vira poeira, ele da um grito que ecoa pela casa toda >o grito é tão forte que eu tenho que tapar os ouvidos >depois disso eu não lembro de mais nada, só desmaiei >acordo no outro dia me sentindo bem depois do sono anabolizante >9 da matina >partiu academia >treino normalmente, mas na saída encontro a cigana me esperando >disse que sentiu energias muito fortes na noite anterior >e que eu incomodei o templo sagrado dos espiritos e que agora eles queriam vingança >eu incomodei o templo sagrado deles? >a sala de treino é o MEU templo sagrado >taco o foda-se e me dirijo pra casa extremamente puto >faço meu pós-treino e fico em casa assistindo tv o dia todo >não acontece nada >os fantasma ficaram com medo dos 43 de braço >começa a anoitecer >de repente, a televisão entra em estatica >começo a ouvir barulhos de gritos e risadas na casa toda >to puto >sinto um arrepio na espinha >olho pra trás >uma figura parecida com a que eu vi na noite anterior se arrastando em minha direção >totalmente desfigurada, e sem as duas pernas >sem as duas pernas >frango filho da puta >hoje é dia de perna >e vc me aparece sem as duas? >a furia começa a tomar conta do meu ser >ele parece sentir de alguma forma, e tentar recuar de uma maneira bizarra >tu não vai correr não >corro em direção a ele e dou uma bicuda no meio da fuça >ouço um grito ensurdecedor e a casa começa a tremer >as luzes apagam de novo >começo a ouvir mais gritos e risadas >além do frio na espinha >nesse momento ja to mais puto que vc depois de ver que fez o exercicio todo com o peso errado >começo a socar o nada >saio correndo pela casa toda socando o ar >sinto meus punhos encostando em alguma coisa >agora tu é meu frango fdp >dou uma surra em o que quer que seja que estivesse na minha frente >de repente a barulheira para e as luzes voltam >noto que estou suando >todo essa movimentação me fez catabolisar >agora é pessoal >pego uma cruz de madeira de minha familia que eu guardei embaixo da cama >penduro na parede da sala de treino >grito bem alto: "MEU PARCEIRO DE TREINO AGORA É O MANO JESUS" >vou dormir puto e não escuto mais barulhos >acordo resolvido a acabar com essa situação de uma vez por todas >depois da academia passo em uma loja de ocultismo ou coisa assim >fodase >se não é loja de suplemento eu nem quero saber o nome >compro todas essas coisas qualquer de ocultismo >fodase >se não é suplemento eu nem quero saber o nome >aproveito e passo no mercado pra comprar ums peito de frango >chego em casa putasso >a esse momento ja anoiteceu >entro na minha sala de treino protegida pelo filho de Arnold >pego um desses tabuleiros de Ouija >jogo no chão e mijo encima >depois pego um fosforo e taco fogo >começo a sentir frio na espinha >eu nem comecei ainda >pego umas tralha de ocultismo e jogo no chão e taco fogo >vou na cozinha e preparo um frango temperado com sal grosso >depois de comer vou no banheiro >bato uma pensando na filha de satanas, aquela puta >me limpo com uma toalha de cruz invertida >depois jogo ela na privada e queimo ela >começo a sentir a casa tremer >as luzes apagam de novo >barulhos piores que os outros começam a surgir >uma névoa escrota toma conta do apartamento >mas a sala de treino ta iluminada >me olho no espelho antes de me dirigir ao local >minha imagem no espelho estava chorando sangue pelos olhos >mas o meu peitoral continua rachado >então ta de boa >entro na sala de treino >um pentagrama surgiu no meio dela >e ta pegando fogo >me preparo >de repente, o cramunhão é invocado do pentagrama >o filho da puta parecia o leo stronda de tão forte >avança e mim e me da uma fodenda surra >não consigo revidar >Arnold me observa do céu, triste comigo >o capeta pisa na minha cabeça rindo >e diz "É por isso que crossfit sempre será superior a musculação" >o que você disse filho da puta? >o que você disse?!?! >levanto o pé dele, como levantando uma barra no levantamento militar >ele percebe que ta mais fudido que você depois de tomar suplemento vencido >dou uma surra no capeta usando todos os meus equipamentos >barra, anilha, tudo mesmo >ele se arrasta de volta ao pentagrama todo fudido >ele some, e com ele todo o clima pesado >as luzes se acendem novamente e a névoa desaparece >to extremamente machucado >me dirijo ao banheiro novamente >me olho no espelho, minha cara toda pocada >meu peitoral rachado todo arranhado e sangrando >mas ainda rachado >então ta de boa >subo na balança que tenho no banheiro >ganhei mais 2 kg de massa magra >olho pro céu com uma lagrima no olho >e agradeço ao Deus Arnold pela dádiva >desde então, não aconteceram mais fenomenos sobrenaturais na minha casa

https://preview.redd.it/9410cpdl2cm51.png?width=594&format=png&auto=webp&s=5a8c26c882927f9b0a9d8939f9a9e534440a580b
submitted by Linpert to gtsdezbarradez [link] [comments]


2020.09.10 16:12 henrylore Najiyu Ep 9 - Nós somos prisioneiros! Por enquanto...

??: *joga Nevaska dentro da cela
*fecha ela com toda a força
*sai andando pelo corredor frio e cinzento, aquecido apenas por um tapete roxo no chão
*abre a porta principal muito parecida por uma porta de cofre
*fecha ela
Ne: *ouve barulhos de tranca
...
*olha pra cela ao lado e vê
H: *sentado na cama da cela
...
L: *esticando a corda do arco até ela fazer algum som
P: *na outra cela do outro lado deitada
Ne: meh
H: nao tem nada a dizer?
Ne: o que vocês querem que eu diga?
L: nada so que voce extrapolou o plano todo brigando com UM GUARDA VOCÊ PODIA BRIGAR COM QUALQUER CARA MENOS UM GUARDA
Ne: tá bom ok?
eu briguei com ele porque ele se meteu na briga entre EU E SHIBARU
*bate na grade
H: e por que cacetes você foi pra cima dele daquele jeito?
Ne: vocês não sabem o que é construir uma coisa, pra entregar e confiar ela pro cara e ele destruir tudo
PRINCIPALMENTE COM PESSOAS
PESSOAS era uma vida aquilo ali
a Winry, era uma alma que foi destruída por XERETAR
L: hmmm
P: mas como assim? você deu tudo pra ele?
Ne: depois que a minha melhor amiga sumiu na minha última missão eu resolvi passar o cargo de líder pra próxima pessoa, e abandonar a ordem
ou seja lá o que isso se tornou
L: e voce entregou pra um palmeiras aleatório?
Ne: ele era confiável na época, a pessoa mais velha e confiável que eu tinha
ele tinha se provado ser uma boa pessoa e de confiança
mas então ele se tornou arrogante e tirou tudo de mim
...e da ordem
L: ah legal, agora ele vai sair andando por aí se achando o espertão por ter "vencido"
P: entao você era a líder??
Ne: sempre fui, e quando voltei sabia que ele não ia me querer de volta no cargo
só como substituta
L: voce entregou o seu cargo.
Ne: PERDE A SUA MELHOR AMIGA PRA VOCÊ VER
L: E EU LA TENHO UMA MELHOR AMIGA??
P: A CULPA É INTEIRA DE VOCES O LUSK FICOU GRITANDO, A NEVASKA EMPURRANDO O HB, AH VAI NÉ
H: e aí?
L: hm?
Ne: hein?
H: voces vão continuar brigando?
a gente tá preso.
seja lá de quem foi a culpa
a gente tá aqui
e é isso...
Ne: ... tu tem razão
L: é
P: *só deita pro lado
H: *pega duas pedrinhas e tenta trocar elas de lugar
não funciona aqui
Ne: é uma cela anti magia
magia não funciona aqui
*tenta fazer um pedacinho de gelo no chão mas ele se desfaz
L: é, estamos fritos.
H: vocês já pararam pra pensar por que separaram a gente em 3 celas?
Ne: porque separam meninos de meninas
L: e acharam a nevaska muito brava das ideias pra ficar perto da ponce
alias que história de toggi foi essa?
P: *se senta e olha pro lusk
você não sabe da minha vida pra se perguntar isso
L: Hmmmmm. Maneiro.
H: mas aí
o que o shibaru quer aqui?
Ne: nas cartas dele tavam escrito que ele queria poder
P: poder? numa vila humilde dessas?
Ne: é normalmente onde guardam as coisas mais poderosas...
H: voce sabe de alguma coisa que a gente não sabe né?
Ne: não
H: pode falar
Ne: não?
H: hmmmm *se encosta na parede de novo
*olha pra cima e vê a luz da lua batendo na janelinha e se contrastando com o resto de luz da tocha na parede que levemente vai se apagando
??²: *passa fazendo uma sombra na cela
*coloca a mão na grade da janela
talvez o nome disso seja Guilt
*olha lá pra dentro
H: ...?
o que-
??²: *abaixado e olhando lá pra dentro
Guilt... é o nome disso
H: ...
*percebe que é a mesma pessoa do dia do trem, que estava assaltando todo mundo
V-VOCE
VOCE TAVA NO TREM
??²: tava
H: VOCE TENTOU ROUBAR A GENTE
mas você desistiu?
??²: foi
Ne: ah é? então foram vocês
H: achei que voce tinha duvidado
Ne: nah eu sabia que algo assim acontecia mas não achei que você acordaria
??²: foi exatamente isso que me chamou a atenção
mas fala aí vai querer sair daí ou nem?
H: nao sei se confio em você...
??²: ou você confia ou você não sai
H: e como voce vai fazer isso?
??²: *levanta e sai andando
**do lado de fora:
??²: *chega perto da ?³ (a outra pessoa do trem)
??³: *olha pra frente do castelo e vê um guarda la
*sai andando e indo em direção ao portão do castelo
Bessa: *olha pra ela
EI! O QUE FA-
??³: *olha de volta e seus olhos brilham rosa
*adormece o guarda Bessa
*vira pro ??² e faz um joinha
??²: *abre lentamente uma festinha da porta, suficiente pros dois passarem
??² e ??³: *entram
??²: *segura a mão da ??³ e sai andando pelo escuro (ele provavelmente enxerga no escuro)
**do lado de dentro
H: ...
L: soa melhor assim
Ne: os caras vazaram
**ouvem um barulho de tranca
??²: *abre a porta
boa tarde família
H: ah você conseguiu
??²: óbvio que consegui
*puxa umas chavezinhas
*abre a cela da Nevaska
Ne: *sai se limpando
depois dessa eu nunca mais bato num guarda véi
??²: *abre a cela do Henry e lusk e ponce
H: estamos livres
mas e aí? qual seu nome
J: meu nome é John, mas tu pode me chamar de Nomad ou sei lá
Du: meu nome é Duda, mas você pode me chamar de... Mikasa?
H, L, J, P, Ne: Duda
Du: ai tá bom meu deus
P: agora a pergunta é será que tem mais gente lá pra trás?
**olham pro fundo do fundo do corredor onde se sente um vento frio vindo dele
L: vamo vê né não custa ver
**veem na cela ao fundo uma pessoa com olhos vermelhos olhando seriamente pra eles
**nas celas ao lado tambem, diversos olhares hipnotizantes avermelhados
Ne: e tá aí a razão da gente estar aqui
P: se isso tá aqui... significa que a fonte dessas coisas se encontram aqui
L: mas e ai a gente solta esses cara aí?
??¹: *para de olhar pra eles e senta na cama da cela
H: nah isso precisa ser tratado com cuidado
Ne: é verdade, vamos conversar com eles assim que recuperarmos a confiança
J: sinceramente eu não acho que vocês vão recuperar a confiança de alguém assim...
fugindo da prisão
Du: o John tem razão
fazendo isso vocês já perderam todas as chances de ganhar a confiança deles
Ne: eh?
meh a gente tá aqui pra solucionar não pra amigar
certo?
H: •-•
Ne: eu acho que não
J: *guia os dois pela escuridão até a saída
**veem o guarda caído na porta
J: shhhh morto não fala
Du: hehehe
H: voce adormeceu o cara?
J: sim
**depois de um pouco longe
Ne: tá oq a gnt faz agora
J: voces disseram que o cara que vocês tavam procurando
queria poder né?
H: sim
J: e se esse cara procurasse o Guilt?
L: quem diabos é guilt?
J: ele é uma das crianças que deviam ser protegidas aqui
ele tem um amuleto que dá poder pra quem possuí ele
L: QUE MANEIRO então ele deve ser bem poderoso né?
J: minha teoria é que ele não sabe usar aquilo, mas se ele fica sem aquilo ele fica muito fraco
então eu resolvi não roubar
Ne: você tentou roubar aquilo?
J: sim
H: eeeeeh
J: eu desisti pelo bem dele, mas tem gente que não desistiu
H: e onde você achou?
J: ele frequenta lugares específicos normalmente
H: então a gente tem q achar ele
L: hmmm
J: que dia é hoje? 23 né?
é aniversário dele
H: onde será que ele comemoraria o aniversário dele?
...
Ne, L e P: ...
J: o que? esperavam que eu soubesse?
L: sim.
J: heh pois é eu não sei
Ne: é bem provável que se a gente encontrar o menino a gente encontra o shibaru
J: hmmmm ele sempre vai na sorveteria de tarde...
L: de noite ele dorme né mané mas onde ele mora?
J: hummmm
Du: tem uma casa em cima da loja de picolés
talvez aquele cara tenha abrigado ele ali
J: o tio do picolé?
Du: ele mesmo
**depois de um tempo
J: é aqui.
*abre a janela que por algum motivo tava destrancada
**todo mundo entra
J: *sobe as escadas e...
não tem ninguém aqui
Ne: talvez ele já tenha passado por aqui
P: ou o menino nem mora aqui
H: mas tá tudo revirado olha aqui
Sh: *do lado de fora em cima de uma árvore
*olha pra janela da sorveteria aberta
...
*dá um sorriso
só uma provocadinha vai...
*coloca a mão na boca do guilt pra ele não gritar nem nada
**ouvem um barulho vindo de baixo
J: ouviram isso???
P: shhhh
*desce as escadas com cuidado
...
Sh: ello.
*aparece segurando o guilt
G: merda
P: VOCÊ
Sh: relaxem
P: *corre e da um soco na cara dele
Sh: *leva o soco mas joga ela no balcão
J: *usa uma força de gravidade e faz o shibaru cair
Sh: *é empurrado pra baixo e não consegue se levantar
quem é... esse cara?????
J: *prepara um golpe de relâmpago
H: °°
ELE CONTROLA DOIS ELEMENTOS????
J: *aponta pro shibaru e...
H: *segura a mão dele
não, se gente fizer isso aqui a gente vai chamar atenção demais
J: ô seu-
G: *aproveita e tenta escapar pela janela
Du: *tenta usar os olhos pra adormecer o shibaru
G: *olha e adormece zz
Sh: entao é isso, ela consegue adormecer os outros!
Du: *usa de novo
J: *nao olha
Sh: *puxa a espada dele e reflete fazendo Nevaska, Ponce e Duda adormecerem
L: QUE (ele tava em cima então ele não olhou)
H: meu deus
Du: oh
acho que isso é ruim gente
??: TEM ALGUEM AÍ??
QUE BARULHADA É ESSA
Sh: *segura Guilt e pula pra uma árvore
??: o que foi isso? (percebe-se q ele tá do outro lado da loja)
J: tsc
eu distraio eles, vocês vão atrás daquele cara e do Guilt
H e L: *acenam que sim com a cabeça
J: *sai da loja e sobe rapidamente em cima na laje
*joga um monte de estrelas ninja com bombas de fumaça pra cima
??: VOCÊ..
*sobe e vai atrás dele
H: acho que é com a gente brether
L: concordeis.
**colocam as 3 no andar de cima
H: *tranca por dentro
*deixa a chave ali
L: *pega um lápis do balcão e deixa na escada
H: *troca de lugar com o lápis
boa brether
H e L: *batem os punhos
H: *fecha a janela depois de sair
fiquem bem...
**saem correndo
L: pra onde tu acha que ele foi?
H: eeeeeh não faço ideia
Sh: nao muito longe do que vocês pensam
**se encontram num lugar sem saída bem espaçoso mas cheio de vendinhas velhas e armazéns de produtos pra repor
Sh: é uma grande honra ter os novos integrantes da ordem aqui comigo...
pra morrerem.
*junta as mãos e faz uma hiper onda de fogo em volta dele
H: °°
L: guh
pois é mano
H: onde você botou o maluco lá?
Sh: como se eu fosse te dizer...
vocês não vão salvar ele
basta eu tirar o amuleto
e eu serei imparável
L: voce so vai fazer isso se a GENTE deixar.
Sh: e vocês deixam?
L: Não.
Sh: *faz uma bola de fogo na mão e atira neles
H e L: *vai um pra cada lado e desviam
**bola de fogo bate nuns barris e começam a pegar fogo
H: isso vai chamar atenção
L: a gente tem que ser rápidos.
Sh: que o show...
*olhos brilham vermelho
comece.
... NO PROXIMO EPISÓDIO DE NAJIYU
Najiyu Ep 10 Por uma vida
❤️
submitted by henrylore to Najiyu [link] [comments]


2020.09.10 16:09 henrylore Najiyu Ep 7 - Nós vamos em busca de pistas! Ao trem! Yahoô

H: *olho volta pra cor normal
P: seu olho voltou ao normal
H: ... oq vc acha q ta acontecendo
P: eu nao tenho a mínima ideia
L: ...
Ne: a gente vai ter que ir pra naji
Ar: v-voce tá doida??? não lembra das missões que mandaram você pra lá? ou qualquer pessoa? ninguém voltou!
v-voce tem certeza???
Ne: não, mas é a única coisa q a gnt tem pra fazer
Ar: ... ferrou.
Ne: então, ponce ne?
P: sim
Ne: a gente precisa pegar uma arma pra você então venha escolher
P: ok!
H: Arthurzao? tá tudo bem?
Ar: *olhando fixamente pro corpo da Winry
... é
H: ta claramente vc n tá bem..
Ar: ...
H: quer conversar?
Ar: *fala sem parar de olhar pra cena
só se você jurar guardar segredo.
H: ...
**tempo depois
H: onde é aqui?
Ar: aqui é o bar do Christian, é um velho muito maneiro aqui da ordem
H: hmmmm
L: bem que eu tava com fome mesmo.
Ar: *abre a porta
Christian...
*surge um cara de dentro de uma cozinha, um cara velho, com um cabelo branco curto, e uma barba longa, sem o braço esquerdo, se apoia no balcão apenas com o único braço
Ch: (uma voz meio de um cara velho)
alô? ah, Arthur! oq houve? você sempre me grita meu caro.
Ar: rolou uma coisa meio ruim agora mesmo, a ordem inteira tá em alarme.
Ch: heh morreu alguém?
Ar: ...
Ch: ah.. Winry..
H: como você sabia?
Ch: ah, deixa que o Arthur te conta, eu tenho que fazer as bebidas
L: ce viu isso mano o cara não tem um braço
H: conta aí Arthurzao
Ar: hmmmmm
H: *bebe refri
Ar: mano... eu gostava de Winry e eu ia me declarar assim que as coisas se acalmassem e tal
mas eu acho que isso nao vai acontecer
H: *cospe um pouco de refri e olha pro Arthur
-'
**ali do lado na loja do ferreiro
Ne: *encostada na porta esperando a ponce
escolhe o que você mais acha que vai ser legal pra você
P: hmmmmmm
*olhando pra todas as armas 5 vezes
Ne: ...?
P: hmmmmm...
Ne: quer ajuda?
P: sério, eu não sei
Ne: tá, olha só
*olhando
espadas são pra pessoas que gostam de ir corpo a corpo, mas você tem que estar atenta a todos os lados pra se defender
lanças são pra pessoas que atacam de longe e de perto, são bem equilibradas
e arcos...
P: ARCO é isso eu quero um arco
Ne: horizontal ou vertical?
P: ... vertical
Ne: *tenta alcançar na última prateleira da oficina mas não alcança
...
P: fofinha
*segura a Nevaska e levanta um pouquinho
Ne: *pega o arco *entrega pra ponce
P: hmmmm
Ne: só não temos flechas, a gente vai ter que pedir pro ferreiro faze-
P: nao precisa!
eu dou meu jeito
Ne: mas é so-
P: a gente não tem tempo, vamos amiga
*segura a mão da nevaska e puxa ela pra fora da ferraria
Ne: que
**de novo no bar
H: ... MANO
Ar: ...
H: é mais pesado do q eu pensava...
Ch: *volta e coloca as coisas na mesa
ah que trabalho, heh
L: *colocando o braço pra dentro da camisa pra ficar sem um braço tbm
Ch: ... tá tudo bem aí menino? heh
L: hmmm, tudo bem
Ch: tá querendo ficar sem braço também? heheheh isso é engraçado
L: cara você não tem um braço como assim
Ch: ah querido eu perdi a muito tempo atrás né? tava numa batalha e o cara resolveu cortar ele fora, aí eu fiquei assim né
L: e aí você ficou sem?
Ch: e o que eu poderia fazer? não tem como eu colocar meu braço de volta, infelizmente eu ainda não sou um lego
hehehehehehehe
L: que maneiro!! e o que você fez com o braço
H: -'
Ch: ...heh o... que você quer que eu faça cara? heh
eu queria botar na porta do bar dando oi ali mas acho que seria muito macabro não? heheheh
L: ahuehee
mas isso atrapalha você?
Ch: nah depois eu acostumei! heh
so me atrapalha pra pegar as bebidas mas é tranquilo
L: quer ajuda aí?
Ch: claramente! heh vem ver minhas bebidas premiadas aqui
L: hmmmmm
*vai pra cozinha
H: cara... mas- você não acha que vai superar isso?
Ar: meh talvez
H: escuta aqui talvez a gente consiga achar algo para conversar com ela! tenho certeza de que ela tá feliz com você aqui
e ela ficaria ainda mais feliz se você fosse descobrir e prender o shibaru
Ar: ... você tem razão cara.
eu irei socar a cara desse shibaru
H: tu vem com a gente ?
Ar: não sei...
eu vou pro festival da música, então ajudo vocês lá na investigação
H: ai sim, eu curti
Ne: *abre a porta gente?
**no anoitecer
Ne, H, L, P e Ar: *olhando pra um túmulozinho escrito "Winry"
Ar: ...
H: *da dois tapinhas nas costas do Arthur
Ar: eu vou arrumar as coisas por aqui e logo sigo missão ok?
Ne: acha que consegue cuidar das coisas lá por mim?
Ar: claro, mestre.
Ne: hehe vai lá fica bem tá?
Ar: pode deixar
H, P e L: *com mochilas prontos pra partir
Ne: tão prontos
L: nunca nasci mais pronto
H: pera você nasceu quantas vezes?
P: tambem, quase morreu ali na pirâmide
L: aaaah qualé
Ne: ele não quase morreu gente
**começam a andar
H: como assim
Ne: quando a pessoa está hipnotizada, 80% do dano causado a ela vai pra versão dark dela
então o dano que o lusk tomou era reduzido
por isso que o bicho morreu antes dele
entenderam?
L: entao por isso tu deu um tempão ao invés de me ajudar?
Ne: sim eu sabia q você não ia morrer
H: oloco vc
**chegam numa estaçãozinha de trem
H: "MayGabi"
que isso
Ne: é pra onde a gente vai
*senta no banquinho
L: Esperemos.
Ne: olha só, tomem cuidado tem altos níveis de pessoas aqui que esquecem as coisas no trem
H: ué pq as pessoas esqueceriam as coisas aqui?
Ne: não sei mas tomem cuidado, não esqueçam nada
L: pode deixar
H: *ve o anoitecer
vocês também sentem algo familiar quando olham pras estrelas?
Ne: *olha pro henry
hm?
H: eu não sei eu sempre senti algo quando olhava pras estrelas
é bem... familiar
Ne: *dá um sorriso e olha pra ele
talvez sua infância tenha sido algo tão curioso quanto a vastidão do universo
amnésia infantil é algo comum da gente ter
e resquícios de memória causam...
sentimentos e tal
P: *olha pra Nevaska e olha pra baixo
H: ta tudo bem?
P: nah so lembrei da minha família, nada demais
H: ... quer conversar sobre
P: hmmmmm talvez mais tarde...
L: o trem tá vindo
**trem chegando e freiando la de longe
Ne: ... vamos?
*olha pra todos com um sorriso
H: ... vamos
**trem para
*Lusk entra primeiro
*Nevaska em segundo
*Ponce em terceiro
*Henry por último
Ne: hmmm é por ali
(o trem tem cabinezinhas tipo o trem de Hogwarts)
Ne: vamos dormir separados né?
L: claramente eu não iria querer dormir aqui com nenhum de vocês.
H: *senta na cabine e mexe nos bolsos
hmmm..
*puxa um dos papeizinhos daquelas páginas do diário de raposas
...
*olha fixamente pra página
L: *bate na parede que dá na cabine do Henry
aí, da pra ver a cachoeira q você caiu daqui
H: *olha e vê, atravessando um lago, em contraste com as nuvens escuras e estrelas, a cachoeira lá longe, e uma pequena silhueta de uma casinha, onde só se vê a luz da janela
H: ... eu prometo voltar... é sério
isso é só-
*olha pro lago e vê o reflexo do rostinho da ponce, do lusk e da nevaska nas janelas
...
por um bem maior
*pega a página e guarda no bolso
*deita na mesa e dorme
...
*tempo depois
**acorda com um barulho muito alto
H: ????
*levanta
*olha pra fora e vê o trem parado e um pouco de neblina
alô? gente o trem parou
...
*sem resposta, abre a porta
*olha aos arredores e não vê nada
*abre a cabine da ponce e da nevaska
*vê as 2 dormindo, a Nevaska babando de tanto dormir
vish ninguém acordou
*fecha a porta e vai até o maquinista
*abre a porta do maquinista e vê ele dormindo
ué...
*ouve um barulho lá atrás e olha
??(pessoa com capuz marrom escuro): *sai correndo da cabine da nevaska com uma mochila
H: EI *corre atrás da pessoa
*tenta alcançar a pessoa
??²(um cara com orelhas cinzas e olhos azuis escuro): *aparece na frente do Henry derrubando ele
H: que?? quem são vocês?
*levanta
??²: ah... só... ladrões de trem
H: essa mochila não é de voces, vocês sabem disso né?
??²: agora é, então vê se não enche o saco
H: *abre a porta da cabine do lusk
Lusk, lusk, lusk LUSKKK
??²: ele não vai acordar, a minha amiga aqui botou todo mundo pra dormir
*aponta pra ??¹
inclusive... eu ainda não sei por que você tá acordado
H: eu sou imune a ilusões
*puxa a espada
??²: filosófico
mas não é imune a mim
H: *cai no chão do nada
??²: *faz uma força de gravidade em cima dele empurrando ele pra baixo
você não consegue nem se levantar depois disso?
H: assim não né fi
*olha pra ??¹
*troca de lugar com ela
??²: °°
H: *tenta segurar o ??²
*aponta a espada pra ele
devolve o que tu roubou.
??²: *segura a mão do henry e lança uma rajada de choque nele
H: *leva o choque e perde a chance de atacar
??²: *empurra ele na parede e segura pelo pescoço
... hm gostei de você
*da um socão na cara dele
H: *apaga
**no dia seguinte
H: *acorda
hmmm.... *vê a mesa, tudo onde ele tava antes
foi só um sonho?
*olha pro lado e vê a mochila da Nevaska
....?
que
Ne: *abre a porta
finalmente tu acordou hein-
EI
Q Q A MINHA MOCHILA TA FAZENDO AQUI
EU TAVA DESESPERADA PROCURANDO ELA SEU SAFADO E VOCE PEGOU
H: eu não peguei nada aqui
Ne: o que você queria na minha mochila?
H: de noite, uns caras vieram aqui e roubaram umas coisas
Ne: conta outra, eu teria acordado
H: hmph...
L: VAMO ACORDAAAAA
NINGUEM GANHA DINHEURO NA CAMA JA QUE ESTAMOS EM TEMPOS MEDIEVAAAIS
P: bom dia
Ne: o trem já vai parar
**trem para
**todos descem e olham nos arredores, uma vila muito linda, cheia de estátuas, uma torre do relógio enorme, uma esfinge, e muitas casas extremamente bonitas (não é na areia)
H: onde estamos?
Ne: na vila da MayGabi
**entram na vila
H: ninguém desceu com a gente?
Ne: não são muitos dias que as pessoas vem aqui
experiência própria
H: mas aqui é tão lindo...
??³: oi?
*aparece na frente deles
bom dia sr (uma menina com duas mechas amarelas, e uma roupa vermelha)
??⁴: fala aí (um cara com moletom preto, e um cabelo preto, e olhos azuis[tô me orientando pela skin])
Li: meu nome é Lily sejam bem vindos a vila
Hb: e o meu nome é hbiujkbn
Li: marrapais já manda o nome inteiro?
L: MANO que maneiro
H: WOOOW
P: *olha pra Lily
hmmmmm...
No próximo episódio de Najiyu:
Najiyu Ep 8 A rainha dos gatinhos
🐈
submitted by henrylore to Najiyu [link] [comments]


2020.09.10 15:54 henrylore Najiyu Ep 3 - Nevaska, a ninja raposa do gelo!

??⁰: você não tem jeito...
*vai pra cima da nevaska
*tenta dar um soco nela
Ne: *segura o soco e olha pra cara dele com uma carinha tipo 😶
poxa, é isso?
??⁰: eu já te avisei pra não ficar tirando sarro...
*se joga pra trás e começa a rolar
AGORA VOCE SE VERA COMIGO
*vira uma roda tipo a do junkrat tlgd
H: EITA
Ne: *junta as mãos
PAREDE DE GELO
*levanta uma parede de gelo (darr)
??⁰: *bate na parede de gelo e racha ela
*depois de um tempinho quebra a parede de gelo
L: a sua parede aí não foi muito efetiva não hein
??⁰: *chega na frente da nevaska prestes a atropelar ela
Ne: *prepara e dá um soco na cara dele que você não sabe como ela acertou ele girando
??⁰: *vai pra trás
Ne: eu sinceramente não sei por que um ladrãozinho tá querendo bater em mim
??⁰: vocês são parte dos cavaleiros, vocês também querem a dominância pra vocês
Ne: você não tem cara de saber muito sobre a resistência
L: residência?
H: Denis?
??⁰: pode não parecer, mas por mais que vocês sejam neutros em relação a nós, facções distintas que querem reinar as terras, não vamos deixar com que vocês derrotem a atual monarquia, CASO CONTRÁRIO O REINO VAI SER DE VOCÊS
então vocês são inimigos também.
Ne: resumindo em palavras menos bonitas, vocês querem ter o gostinho de descer o cacete na mulher lá
??⁰: olha como você fala comigo
Ne: não tem como eu olhar como eu falo, o certo seria ouvir, não?
??⁰: GRRRRR CALE A BOCAA *soca o chão e faz um buraco em volta de si mesmo
H: ei-
Ne: shhh, assiste
??⁰: *coloca o dedo do lado da boca e puxa o ar
BOLA DE FOGO
*atira uma bola de fogo na Nevaska
Ne: *fecha os olhos e estende a mão pro lado
H: ??
L: o que
Ne: *começa a se fazer uma lança de gelo na mão dela (tipo a da pearl de Steven universe)
*segura ela e prepara um ataque
REFLEXO DE LUZZZZZ
*reflete o ataque MUITO RÁPIDO MESMO
*E ELE BATE COM TUDO NA BARRIGA DO CARA E JOGA ELE PRA LONGE NUMA VELOCIDSDE INIMAGINÁVEL
*enquanto isso tudo ela deixa cair uma coisa que parece ser um distintivo de ouro
L: *percebe o distintivo
Ne: ...
ele foi mimir
*aponta pro cara com o polegar
H: ...
Ne: vocês tão bem?
*chega perto
L: *levanta sozinho
quem é tu??
Ne: *estende a mão pro Henry levantar
meu nome é Nevaska, eu sou uma ninja do gelo
L: só isso?
Ne: é ué
L: nao tem mais nada não
Ne: não?
L: hmmmmmmmm....
H: *segura na mão dela e levanta
você é uma raposa?
Ne: sim.. eu espero pelo menos
pelo visto você também é uma
*lança na mão dela começa a se quebrar e derreter
é legal, faz um tempo que eu não vejo raposas por aqui
H: *analisa ela
{Nevaska
Nevaska tem os olhos azuis um pouco escuros, um cabelo branco com uma presilha azul escura também uma blusa de manga comprida cinza com luvas longas pretas uma calça preta e uma bota cor gelo de couro ela usa um sobretudo cinza também que ela deixa ele meio enrolado pra trás e fica parecendo só uma manta mesmo ela também tem uma mochila}
H: você tava viajando por aqui?
Ne: na verdade sim, eu tava de passagem quando esse mano aí me parou por motivo nenhum
L: EU não tô convencido disso
Ne e H: ?
Ne: o que foi o que eu fiz pra você
L: o cara mencionou algo sobre resistência, ordem.
e você respondeu exatamente sabendo o que era, não foi?
então você sabe de algo que a gente não sabe?
Ne: carai mas pra vocês não saberem da ordem você tem que ser muito burros mesmo né
pfffft eu não faço parte disso aí não, metade desses caras acham isso
H: e então o que você é?
Ne: uma viajante ué, não tá na cara? eu costumo viajar por aí em busca de pistas sobre o mundo e talvez montar meu próprio grupinho de pessoas
L: *pega o distintivo no chão
e o que é isso?
Ne: *olha com um olhar sério pro Lusk
L: olha, eu não sou contra isso mas aparentemente vocês sao contra o reino
então, eu quero saber se eu poderia entrar pra essa ordem aí
eu sou um cara bem descolado que quer esfolar a cara do reino no asfalto sabe
H: Lusk!
*da um soco no cotovelo dele
Ne: *puxa uma faquinha e vai pra cima do lusk
H: OU
*puxa o lusk
L: *cai no chão com esse puxão
OU QUAL FOI
Ne: vocês sabem demais
...
*junta as mãos e atira uma bola de neve muito rápida no Lusk
L: *desvia
se eu tomasse esse ataque aí eu acho que eu ia ter dor de barriga por um mês
Ne: *vai pra cima do lusk de novo
*tenta dar uma facada nele
L: *segura a mão dela q ta com a faca
*chuta ela um pouco pra longe
Ne: *vai pra cima dele de novo e da um soco nele (com a outra mão)
L: *defense e começa a trocar socos com ela
H: ... caracas eu não sabia que ele lutava assim
Ne: *consegue jogar o lusk no chão e tenta dar uma facada na cara dele
H: °°
*troca de lugar com a faca
*segura o braço dela e da um mini chutinho na costela dela
Ne: *vai um pouco pra trás
*volta pra frente
*passa por ele e da um golpe na cauda dele
H: u
*visão fica um pouco ruim
Ne: *da um soco no estômago do Henry e depois no rosto
H: *cai no chão
Ne: *pega a faca
L: O MALDITA NAO FACEIS ISSO
*tenta socar a cara dela
Ne: *segura o braço dele e enfia a faca em um ponto
L: AAA
H: *da um soco na cara dela e aí ele vai pra cima dela
*segura ela
*olha pra cara dela
Ne: *tá com uma cara meio desconfiada mas com raiva
*chuta cauda do Henry por baixo
H: *fica bugado dnv
Ne: *passa a faca na bochecha dele chuta ele pra longe
H: *coloca a mão na bochecha

L: *REDEMOINHO DA MONTANHA
*joga ela longe com uma rajada de vento
H: começou a inventar nome pros ataques agora?
L: isso não importa agora ..
ugh
H: mano o seu braço
L: também não importa...
E POR QUE DIABOS VOCÊ NAO ACERTOU NENHUM ATAQUE NELA
H: eu não consigo fazer nada quando ela machuca a cauda, eu não sei o porquê
L: ...
H: mas chega aí a ideia é que talvez ela também tenha essa fraqueza...
L: então pra acertar ela a gente tem que acertar a cauda primeiro?
H: meio q isso
L: *tive uma ideia
*um min depois
H: *sai correndo com uma pedra na mão e joga ela atrás da Nevaska
Ne: *desvia e tenta acertar Henry com a faca
H: *troca de lugar com a pedra
*tenta acertar a cauda da nevaska
Ne: *vira e chuta ele pra longe
L: *vem quando ela tá despercebida e chuta a faca dela pra cima
Ne: *da um soco nela
L: *olha a faca indo em direção a cauda
Ne: *vai segurar a faca
H: *troca de lugar com a faca e da um SOCÃO NA CAUDA
Ne: °°
L: *se segura e faz tipo um Rasengan de ar só q ele não é azul
*acerta na barriga dela e joga ela longe
Ne: *sai voando e bate numa árvore
*sai do meio da poeira com o nariz sangrando
...
*emana uma energia muito grande de poder
H: iiii
L: ferrou.
Ne: tá.
H: hm?
L: O QUE
Ne: tá ué
H: ta oq
Ne: vocês perguntaram se podiam entrar pra ordem, e eu respondi

H: °°
L: ....
Ne: foi mal os machucados... eu precisava saber se vocês tinham cabeça pra batalhas assim
*bota a mão atrás da cabeça e ri
L: a gente confia nela?
H: eu voto que sim
L: uffffd é estranho ter que confiar em alguém que quase arrancou meu braço mas... é o que eu irei fazer
ok, estamos indo com você
Ne: CARACA MANÉ
ESSE É O ESPÍRITO (✯ᴗ✯)
H: *dá uma risada
mas aí, vocês tem uma base, um quartel, ou até um castelo?
Ne: eu não posso falar aqui as paredes tem ouvidos
vamos andar?
mas antes!
*vai pra perto do lusk com um frasco com um líquido rosa meio vermelho
*despeja um pouquinho no machucado do Lusk, que vai se fechando aos pouquinhos
*vai em direção ao Henry
*molha o dedo no líquido e passa na ferida do Henry na bochecha
*olha pras orelhas dele e sente alguma coisa reparando na cor...
*mas dps ignora
*fecha o frasco com a rolha de novo
prontinho
*guarda na mochila
H: o que foi isso?
Ne: lágrima de dragão, é extremamente curativa
H: caraaaaca...
(ㆁωㆁ)
L: ta, a gente pode ir?
Ne: como quiser, guia de turismo
**no caminho:
Ne: eu peguei leve com vocês, tá?
L: ah sim
H: uhum uhum
Ne: é sério! eu nem peguei minha lança e vocês viram isso...
H: por que não?
L: voce podia ter pego
Ne: é que é bem injusto eu ir bater em vocês com uma lança e vocês com facas de cozinha, não?
hehehehe
mas no mundo lá fora não vai ter essa moleza
ninguém liga muito pra justiça aqui, eu acho pelo menos
*abaixa a cabeça e olha pro chão enqnt anda
H: ... ah mas e aí? como funciona a resistência?
Ne: eu achei vocês super legais, além de vocês terem noção de combate vocês fazem piadas engraçadas
L: *chega perto do Henry
da uma patada nela
H: que?
Ne: ahabsusbshs tipoy isso
**chegando lá
ee é aqui
H: iii
{o cenário: tem uma puta duma floresta com um pouco de neve onde eles tão, eles olham pra cima e tem um morrinho com uma escada, e lá de cima parece dar pra ver a floresta toda}
Ne: *sobe a escada
{o tempo: já tá de noite D:}
Ne: lar doce lar
L: aqui?
H: woow
{o lar: é uma cabana mediana, com dois andares e um teto um pouco plano}
L: a
Ne: é aqui
*abre a porta podem entrar
{lá dentro: é tipo um lugar bem aconchegante mesmo, tem muitas fotos, tem 3 colchoes no chão, tem uma lareira desativada e uma escada pro sótão}
Ne: lá no sótão tá a minha cama
vocês podem dormir onde quiserem, des de que vocês não encham o saco me cutucando de noite...
H: hmmmm
L: onde você vai dormir, brether?
H: ainda pensando
Ne: *subindo a escada quase lá em cima
se quiserem dormir aqui em cima não tem problema, a questão é q o COBERTOR é meu
H: vai dormir com ela?
L: Não.
H: nem eu
L: *se joga num colchão do chão
eu durmo aqui.
H: e eu aqui
*pula o colchão do meio e vai pro da outra ponta
....
⌛um tempo depois...
H: *acorda de madrugada
*olha aos arredores e só vê a silhueta do lusk deitado roncando p krl
*ve a luz da lua entrando pela janela
*levanta e vai andando em direção ao mural de fotos
*pega uma foto
{a foto é a Nevaska com outra raposa da mesma cor do Henry, do mesmo tamanho da nevaska e as duas parecem bem felizes por mais q estejam cheias de curativos}
H: *ouve um violao bem longinho
*guarda a foto no bolso e sobe a escada
*vê a luz da lua vindo da escada por mais q as cortinas do quarto dela estejam fechadas
*sobe lá e vê o quarto dela
{é bem simples não tem nada além de uma mesinha com espadas e facas e um lugar onde tá um pijama dela de flocos de neve}
H: ...?
*percebe que tem uma escada ao lado que tem um alçapão aberto e é dali que tá vindo uma luz forte da lua
*sobe e olha pra direção da lua
*vê a silhueta da nevaska na frente da lua com um violão olhando a floresta e um farol bem lá no fundo
*escuta a melodia de uma música mt fofa
Ne: *para de tocar violão e olha pra trás
hmm?
*ve o Henry
....
No próximo episódo: -Ep 4- Sejam bem vindos! A resistência... obg por ter lido, te amo
submitted by henrylore to Najiyu [link] [comments]


2020.09.10 15:46 henrylore Najiyu Ep 1 - A cachoeira

*Cenário todo pegando fogo
*cenário todo destruido
*explode um pedaço de um castelo ¿¿¹(pessoa de olhos vermelhos): acabou. eu destruí o líder em alguns segundos.
¿¿²(uma moça de cabelo rosa): você nem sabe o que você pode causar se fizer isso! VOCÊ NÃO PODE DESTRUIR TUDO
¿¿¹: é uma pena que todos vocês só conseguem dizer isso...
¿¿²: eu não vou deixar! *puxa espada ¿¿¹: *ataca rapidamente e acerta com a espada na ¿¿² é uma pena né... que nem esses poderes sagrados que você tem... são suficientes pra parar uma guerra ¿¿³(um velho com uma manta e um tridente): VOCE NÃO VAI CONSEGUIR *corre em direção ao ¿¿¹
**explode tudo
**você consegue ver uma criança caída no chão dentro do castelo em um lugar mais no cantinho dos escombros depois de tudo destruído
**da zoom na testa da criança e você consegue ver uma espiral
*muda pra um tempo depois e tudo volta ao normal
**numa casa
[o cenário é um quarto, com uma cama e uma mesa de cabeceira]
**debaixo do cobertor:
*sai uma cauda (de raposa)
??: *levanta e sai da cama (você consegue ver o símbolo na testa dele tbm)
hmmmmm
*abre a porta e sai do quarto
tem alguém aí?
**literalmente ninguém responde
*vai na cozinha
DOKE!
Doke?
Dooookeee....
...
Doke?
é, ele sumiu
*sobe na mesa possibilitando nossos queridos espectadores de ver o character design do nosso querido Henry
Henry
Idade: 12 anos (vai fazer 13) Altura: 1,59 Cabelo: loiro e cacheado Coisas adicionais: ele é uma raposa mas ele mesmo não …
Do: Henry? acordastes
H: *corre em direção ao doke
SIM!
como vc ta, conseguiu o telescópio q vc queria?
Do: nah, ainda não
H: mas já se fazem alguns meses...
Do: você sabe, não é todo dia que se vendem telescópios por ai
H: mas e a chuva de meteoros daqui a uma semana?
*faz carinha de choro :(
Do: relaxa a gente vai conseguir *abraça o henry
H: ... ei doke, já faz um tempo que eu quero te perguntar isso....
olha, eu nunca vi bodinhos andando com duas orelhas laranja e uma cauda laranja... então?
Do: você é um bode diferenciado
H: igual você que tem um chifre enorme?
Do: ainda bem que você não é um peixe, porque se fosse um, eu já teria pescado-
H: '-'
fiquei com medo
Do: imaginei. enfim, eu vou pescar
H: tabom, vê se não traz um baiacu dessa vez
Do: vou trazer dois, serve?
H:
*sobe na mesa possibilitando nossos queridos espectadores de ver o character design do nosso querido Henry
H: VE SE NAO DEMORA TA BOM?
Do: PODE DEIXAR...
H: ainda me da calafrios de pensar de onde eu vim...
**cai um livro de capa azul lá da estante
H: ... as pesquisas do doke... H: *abre o livro
Raposas são vistas normalmente na parte mais floresta de Naji, normalmente encontradas nas partes mas frias, e nas partes mais quentes no inverno.
Raposas são reconhecidas em Naji pela sua capacidade de controlar o fogo e de sua velocidade.
Raposas se adequam a novas experiências muito rápido
Raposas costumam ser mais sensíveis na cauda, tornando-a um alvo dos inimigos quando se trata de derrotar uma raposa.
Raposas da neve costumam ser brancas por se adaptarem a se camuflar na neve
Raposas da neve se adequam melhor a climas mais frios, e costumam ser mais experientes em áreas de caça.
Raposas vermelhas Possuem coloração laranja na cauda e nas orelhas E podem estar em qualquer região, menos a de calor extremo H: *olha pra própria cauda
^
e preferem ambientes mais aconchegantes
H: *tem um flashback do passado
{DOKE EU NAO VOU DORMIR SEM COBERTA!!}
to começando a perceber um padrão aqui...
^
Têm dificuldade de controlar mais de 1 elemento
H: *olha pro proprio dedo
eu quero... FOGO!
.
.
.
FOGO!
.
.
.
...fogo?
é, ninguém me ensinou isso afinal né...
vamo continuar
^
Raposas do deserto ou Feneco
**ouve a porta
Do: tô em casa
H: !!!!!!!! *fecha os olhos e aponta o braço na direção do livro *teleporta o livro pra estante *da um sorrisinho
*sai correndo
Do: tá em casa??? ah oi Henry
H: oi Doke tudo bom quanto tempo
Do: eu tô morrendo de cansaço...
H: mas são 12h...
Do: você fica cansado todas as 23h e 6 minutos do dia, Henry
H: não se compare comigo.
Do: você parece assustado, o que houve?
H: ... eu tava conversando com os coelhos ontem... e... já ouviu falar de raposas?
elas parecem bem parecidas comigo pelo oq falaram
Do: parecem bem parecidas é o auge do que tu ja me falou...
hmmmmm....
não, elas não tem nada a ver com você
H: MAS EU TENHO CERTEZA QUE-
Do: vamo lá Henry voce deve tá com fome, pega alguma coisa na cozinha e vai comer.
H: doke, EU sei que eu sou uma.
Do: *olha pro livro e ve ele meio caído Você olhou minhas coisas né?
H: sim.
Do: hmph...
H: *vira pro lado e pega o livro da estante
Do: *lendo
eai, o que vai fazer com essa informação?
é Henry você é uma raposa.
H: o que aconteceu com a minha família
Do: eu ainda não posso te contar *joga o livro no chao
o reino não deixa-
H: dês de quando a gente tem um reino?
vocês nunca me contaram nada mano
Do: Henry, isso é coisa de 10 anos atrás, você não vai querer sbar
H: QUANDO EU TINHA 2 ANOS?
Doke, a minha infância foi só apagada e eu não posso saber de nada....
Do: sua infância foi comigo, e você deve lembrar disso
H: E ANTES DISSO?
eu não vejo duas cabras parirem uma raposa
você nem lembra quando eu nasci né?
Daqui a 2 semanas é meu aniversário, você lembra? Do: ... ffff Henry o importante é que somos felizes ago-
H: é tudo sempre a mesma coisa eu queria sair e fazer aventuras mas você sempre fala que se eu me distanciar eu posso ser sequestrado ou sei lá eu sou um fugitivo por acaso? *sai pela porta da cozinha
Do: ...
[eles moram no topo de uma cachoeira, inclusive]
H: *na ponta da cachoeira pensando
...
*pega um ukulele de um lugar ali perto
Dó Ré Mi Fa...
Do: HENRY
H: que foi agora
Do: você ainda quer conversar sobre...
raposas?
H: não, quero conversar sobre o que houve 10 anos atrás
Do: Henry SE VOCÊ FUGIR TUDO VAI-
H: TUDO VAI? ? ? ? ? ? ?---
uh-
*escorrega da pedra e cai da cachoeira de 1km de altura
Do: HENRY
...
H: AAAAAAAAAAA
**
H: .........
*levanta
aaaah
??: *olhando pra ele
Ih ala, macaco novo na área...
H: AAAH
quem é tu
??: quem é tu né eu so te vi caindo igual a maçã na cabeça do isaac newton e tu vem me perguntar quem sou eu?
H: é o que?
L: vai, levanta dai da agua que ficar com a bunda molhada em pleno inverno não vai ser muito legal. Meu nome é Lusk. mas pode me chamar de...
*faz umas pose mt aleatória
LUSK!
H: .-. ok confesso que estou indeciso sobre qual dos dois te chamar
L: HÁ AGORA QUE NAO TEM DUVIDAS SOBRE QUEM EU SOU.... quem é você
H: meu nome é henry, eu caí porque eu tropecei e eu venho de uma família de cabras
L: hmmmmm. *coloca a mão no queixo em posição de análise
olha eu não sou nenhum profissional em biologia mas... suas orelhas e cauda não condizem com as de uma cabra...
H: valeu aí médico do SUS
L: nada
mas aí não seja por isso, venha conhecer a vila a menos que queira ficar andando na cachoeira até a conta de agua da terra chegar
---um tempo depois---
**os 2 andando na vila
L: então quer dizer que você é uma raposa?
H: uhum
L: e você caiu do ceu?
H: uhum
L: e você...
H: sim.
L: ok. tendo em vista tudo isso eu vou me apresentar
EU SOU LUSK O GRANDE
**passa uma bola de feno
H: ah sim....
L: MAS EU NÃO TE MOSTREI A MELHOR PARTE
*junta as mãos e levanta uma grande ventania pra cima do henry
H: *coloca a mão na cara
é assim que vocês cumprimentam as pessoas por aqui?
L: na maioria das vezes
H: entendi
**corta pros 2 andando pela vila
L: olha só eu tenho que dizer pra você tomar cuidado quando anda comigo, muitas pessoas me conhecem e eu sou muito famoso ok? **os 2 tão passando numa vendinha
L: OLA MEUS FÃS
Mta gnt: FÃ O CACETE! OU SAI DAI! PARA DE GRITAR EU QUERO DORMIR!
H: realmente eles te amam
L: viu? *cai um tomate na cabeça do henry
Pessoa que jogou: *fecha a janela
L: EI NÃO ENCHE OU EU ARRANCO A SUA CARA FORA!
caham, onde a gente tava? falando nisso? Tu é uma raposa?
H: uuuh, sim?
L: ah legal, é que eu nunca vi raposas por aqui
H: e você já viu raposas?
L: quando eu morava no reino e não aqui na vila
H: hmmm, e como é lá
L: olha, cara, confia em mim, é melhor a gnt não conversar sobre aqui.
H: ?
L: depois te conto. ENFIM, não é todo dia que se cai de uma cachoeira, conta mais sobre a sua cara H: ele parece nunca ter visto um ser humano antes Hmmmmmmm... eu... eu tava conversando com o Doke
L: e quem é o brother
H: ele é tipo meu pai só que não é meu pai saca
L: Não.
mas enfim pelo visto você me entende bem
mas e agora, o que pretende fazer agora que caiu aqui em baixo?
H: ... eu acabei de acordar então eu tô com fome
L: COMO ASSIM VOCE ACORDA 17H MANÉ
H: ue *vira a cabeça e olha pro lusk
L: VOCE DORME MAIS QUE UM HOMEM ANIMADOR DE FÉRIAS
CACETES
mas confesso que não comi nada até agora também...
*bota a mão no bolso e puxa umas moedas
mas eu acho que dá pra comprsr um ramen pra você
H: seriao? não precisa cara
L: mas eu quero.
H: ah então eu não posso fazer nada
então onde q a gnr compra
L: na loja do seu Imura claro
H: Imura?
L: ele é um cara elegante, relaxe
H: :0
**um tempo depois
L: *abre a porta do lugar
(o cenário é um lugar pequeninho onde tem um teto transparente com folhas por cima [o tamanho é tipo do ichiraku mas maior])
*da um socão na mesa
AE TIO O QUE TEMOS PRA HOJE
**vem do além um hashi voador
L: *segura ele com os dedos
??: *poe uma tigela na mesa
E O QHE TEMOS PRA HOJE
L: TIO IMURAAAAAA
Im: Olá.
o que comerás hoje caro MENINO!
L: uuuh o de sempre mas não vou ser eu quem vou comer
eu trouxe um cara
H: oi
Im: ... MENINO! OLA PRAZER
*aperta a mão do Henry
H: uuuh
Im: SEJA MUITO BEM VINDO AO IMURA CAFÉ ONDE VOXE PODE COMPRAR QUALQUER COISQ QUE QUEIRA COMER
L: até pedra
Im: XIM MENINO!
*olha direito pro henry
...
Uma rapoja por aqui... estranho... onde é que o luxk axou exe menino...?
TOME
*coloca ramen na mesa e da os hashis pro Henry
H: valeu, velhote
Im: Ei Luxk precisamos convexar
L: *desce da cadeira e vai pra trás do balcão
*vai lá pra trás
H: *consegue ouvir um pouco abafado
Im: voxe nao xoube que o guarda real malhuco vira hoje?
L: guarda?
Im: nós xomos rivais então elex prometeram mandar uma menxagem hoje..
E XE VIREM UMA RAPOJA O QUE FARAO?
L: tem razão velhote
H: ...
*mini flashback
Do: Henry o reino ele pode ser muito perigoso para raposas nós não podemos nos arriscar assim...
...
L: voltei Henry
H: terminei de comer, muito obrigado cara
L: *barriga ronca
*da o dinheiro pro cara
Im: ... o que voxe vai querer?
L: mas eu não tenho mais dinheiro
Im: o do MENINO é de graxa voxe é o único que paga aqui
L: OOOOOOOO
**um tempo depois um pouco de noite
L: estou cheio cara
H: to vendo
L: mas nós temos que conversar mano
H: hm?
L: acontece que um cara sinistro vai aparecer aí daqui a pouco então nós temos que...
*lembra doq o Imura disse
Im: eu irei abrigar vocês. então venham para cá amanha
L: nos refugiaremos na casa do Imura
H: tranquilo então
L: espero sair vivo dessa...
H: mas aí você não me mostrou sua casa você tem casa não é?
L: Nao, EU sou um mendigo.
H: que bosta hein
L: É OBVIO Q EU TENHO CASA MANE
H: la você me explica direito tudo
**chegando na casa do lusk
[é uma quitinete meio desarrumada com um banheiro e um sofá e uma mesa]
L: *mexe debaixo do sofá e pega um mapa enrolado
*vai em direção a mesa e estende ele lá
aqui é o reino de Valdehalle
*aponta um pouco do lado
aqui é Heartville, onde a gente tá
H: e essa neblina aqui?
L: sei lá eles chamam isso aí de reino da neblina oculta
dizem que são uns caras que vão contra o reino
H: ...
L: vai entender né
H: *levanta
a gente tem que acordar cedo amanhã pra poder ir pra casa do Imura se der tudo certo a gente sai dessa tranquilo
L: o que vc planeja fazer você só caiu aqui você não consegue voltar?
H: eu caí aqui em busca de informações sobre mim mesmo
e pra descobrir coisas que meu pai não pôde me contar
L: ...
H: vai que a gente muda algo né?
L: *da um leve sorrindo
olha, amanhã eu irei te acordar SE VOCÊ NAO ACORDAR EU TE CHUTAREI
H: tá bom pedro cara feia
**no dia seguinte
.. L: ACORDA MARILENE QUEM GANHA DINHEIRO NA CAMA É
H: ja acordei... o que você ia falar
L: hm? testador de colchão claro todo mundo sabe que quem ganha dinheiro na cama é testador de colchão
H: ah sim...
L: *pega o mapa
VENHA
**os 2 saem na direção do Imura Café
L: *ve os moradores com armas andando por aí
..... hoje não é um dia bom
H: ....
**vão andando na espreita
H: pq a gnt tá se escondendo
L: pq se nos virem vão mandar a gente ficar com alguém que a gente nao quer então trate de se esconder
H: *entram num beco
??¹: *vê cauda do Henry
*vai em direção ao beco e olha
hmph, deve ter sido impressão
H e L: *chegam no Imura Café
H: *bate na porta
Im: MENINOS! Ah que bom que extao aqui
entreis
**os 2 entram
**ouvem algo explodindo
Im: elex ja devem ter chegado
oh não
H: isso é um problema
L: ugh
H e L: *se escondem na cozinha
??²(um guarda aleatório do reino): PROCUREM EM TODAS AS CASAS eles devem estar por aqui
eles não pagaram o que deviam
e tem uma raposa aqui você diz?
??³: é-é sim senhor!
....
??²: hmph...
PROCUREM EM TODAS AS CASAS!
H: °°
??⁴: *bate na porta da casa do Imura
TRM ALGUÉM AÍ
SE TIVE DIGA AGORA!
Im: .... isso é um problema
??⁴: ABRA EU SEI QUE TEM ALGUÉM AÍ
*bate mais forte
Im: me dexculpe meninos já volto
uuh sim?
??⁴: TENS UMA RAPOSA AI QUE EU SEI
Im: nao tem nada aqui
??⁴: EU ESTOU SENTINDO MANA E NÃO É A SUA
Im: uuh relaxa, não faz sentido querer procurar num restaurante
EU SO ESTAVA AQUI QUANDO COMECOU ESSA INVASÃO
H: voce notou isso?
L: o que
H: o Imura nao tá falando errado...
L: isso é alarmante...
??⁴: *quebra a porta do restaurante
me mostre.
Im: me desculpem
*junta as mãos
*levanta umas pedras do chão
??⁴: *defende com as mãos
... me deixe passar
*explode tudo
H e L: °°
*se escondem um em cada armário do restaurante
??⁴: não devem estar aqui
DEVEM ESTAR AQUI PERTO PROCUREM!
L: vem, Henry temos QUE-
*congela na saída
....
H: o que fo-
L: i-i
**veem Imura no chão e tudo destruído
L: ........
H: ah não...
....
continua no próximo episódio :D ep 2 Rivais de Reinos diferentes, o mais forte prevalece...
submitted by henrylore to Najiyu [link] [comments]


2020.09.07 08:06 arrux1 Eu estou exagerando ou sendo c*zona? Pessoa morando com a família sem consentimento de todos

A minha vida quase toda morei com meus irmãos e minha mãe na casa dela (onde estou atualmente). Porém, em 2016 mudei-me para o Rio de Janeiro por conta da faculdade e fiquei voltando a minha cidade natal apenas nas férias. Com a pandemia consegui homeoffice do estágio e EAD e regressei a casa da minha mãe em março pois achei que seria uma boa ideia ficar mais próximo da minha família nesse momento (risos) e estou temporariamente aqui até agora...
Meu irmão mais velho arranjou uma namorada (eles namoram + ou - a 2 anos) que é sócia de trabalho dele. No inicio do relacionamento ela aparecia de vez em quando aqui em casa, e quanto mais a produção do trabalho deles aumentava mais a frequência dela por aqui tb aumentava. Eu nunca tive problemas com a presença dela antes, até pq passava a maior parte do meu tempo no Rio. Porém, no terceiro mês que regressei a casa da minha mãe, em meados de junho, comecei a achar estranho o fato que ela ficava 24/7 aqui em casa, comia, dormia, ia pro trabalho, voltava e ficava direto por aqui.. porém relevei por questão da pandemia... era compreensível. Meu irmão do meio começou a ficar um pouco incomodado com isso tb pq jamais em nossas vidas trouxemos parceiros para passar tanto tempo nessa casa (até pq no passado, nossa mãe nunca permitiu) e segundo ele, essa situação já estava acontecendo bem antes da pandemia (meu irmão do meio também tem namorada atualmente e ela só apareceu por aqui nesse período algumas poucas vezes). Para além dessa situação, eu não me sinto muito confortável quando pessoas que não são do convívio diário passam muito tempo no lugar onde moro interruptamente, sinto que é uma invasão de privacidade (isso acontece também no meu apartamento do Rio com visitas que ficam mt tempo as vezes, mas converso com minha house mates e sempre resolvemos as situações numa boa - moramos a 4 anos juntas).
O tempo foi passando, eles começaram a comprar uma cama nova, microondas... até que minha mãe hoje confessou pra mim que achava que a menina tinha entregado o apartamento dela e estava morando aqui em casa (ela faz univ fora e n tem família aqui). A questão é: quando eu ouvi isso, eu fiquei muito puta!
Cara eu achei um absurdo a situação. Como é que uma pessoa se muda pra casa que eu morei minha vida quase toda e não conversa com ninguém? Tipo, eu entendo que estamos numa pandemia, ok, mas a menina se mudou sem previsão nenhuma de volta e não falou nada sobre isso. Como é que alguém vai comendo pelas beiradas e do nada PUFF se muda pra sua casa? Eu achei bizarro pra crl sendo que nem noivos eles são nem nada, é um namoro de 2 fucking anos.
Eu me senti desrespeitada pois não fui consultada e dividi isso com minha mãe. Falei que não gostei da forma que as coisas foram feitas, como é que se mudam pra uma casa com uma família morando e não consultam os moradores? Ela me respondeu que achava que eles iam casar em breve pq "a menina queria muito" e como mãe, queria dar o apoio nesse momento.
A menina não conversou nada com minha mãe que ia se mudar pra lá e aparentemente ela não ta ligando muito pra isso... Porém minha mãe ficou chateada pq eu fiquei afetada. Mas eu não acho que estou errada... enfim, de qualquer forma já estou vendo passagens para regressar ao Rio no próximo mês pois meu trabalho vai voltar presencial em breve, mas está me preocupando o fato dessa situação se alargar por muito tempo... tenho medo de ter que voltar pra essa casa por questões financeiras no futuro (vou fazer de tudo para que não) e ter que conviver com mais uma pessoa que não escolhi (como se não já bastasse a relação conturbada com meus familiares). Eu jamais me mudaria pra casa dos pais de um namorado sem conversar com a família dele antes nem traria pra morar comigo assim sem mais nem menos. Enfim, vocês acham que eu estou exagerando? É legítima minha indignação?
Nota: Meu irmão mais velho já teve relacionamentos muito mais duradouros no passado de 5, 6 e 8 anos e isso NUNCA rolou antes, nunca tive esse problema com nenhuma delas. Nem com namorados meus ou namoradas do meu irmão do meio.
Nota2: Aparentemente essa menina quer muito casar com ele e eles se dão bem, mas não sei se meu irmão quer...
Nota3: Todos os moradores da casa são adultos maiores de idade.
submitted by arrux1 to desabafos [link] [comments]


2020.09.07 00:11 dvbia13 eu não sei o que fazer pra galera de casa entender que estamos no meio de uma pandemia

meu estado entrou na fase amarela essa semana e a maioria das pessoas estão agindo como a pandemia estivesse acabado. ok, não tenho nada a ver com a vida do coleguinha ao lado, o problema é que a minha própria família tá achando isso. não é de hoje, na verdade. no dia dos pais todo mundo se reuniu na casa da minha vó, SEM MÁSCARA, fizeram churrasco e o escambau. eu fui a única que não fui, quando minha mãe chegou de lá começou a debochar da minha cara dizendo que tava todo mundo lá e eu fui a única cuzona que não quis ir. sim, ela usou essa palavra, CUZONA.
eu continuo saindo de casa pra trabalhar, quando preciso ir no mercado ou no banco eu fico agoniada e me sentindo estranha, com um medo, sabe? e sempre quando saio do meu local de trabalho parece que a minha ansiedade aumenta, a máscara começa a me sufocar (mais) e meu coração fica acelerado. quando chego em casa essas sensações passam.
de uns tempos pra cá eu tô bem pra baixo, antes minha casa era um lugar 'seguro' pra minha ansiedade ficar branda, porém agora parece ser o pior lugar pra se passar uma quarentena em paz. tive uma crise na sexta feira, fiquei sem ânimo pra fazer nada, não queria sair da cama, não comi, não tomei banho. no sábado de manhã minha mãe veio preocupada perguntar o que tava acontecendo, eu não soube responder ela. aí ela começou: 'você precisa sair de casa, voltar a fazer exercícios, dar uma caminhada'... eu olhei pra ela com aquela cara de 'QUE JEITO?'. basicamente ela disse que eu tô assim pq quero, pq não saio.
hoje eu acordei aparentemente melhor e quando saí do quarto fui convidada pra ir no shopping com eles. eu respirei fundo, olhei pra minha mãe e disse 'gente, mas pra que que vocês vão sair sem necessidade alguma?', aí começam os risinhos, os deboches tipo 'ai você não gosta da gente, inventa outra desculpa'. enfim, saíra e eu fiquei em casa. quando voltaram agora a noite me chamaram pra ir na igreja e que depois íam comer algo fora, eu respirei fundo de novo e disse 'gente, eu não me sinto confortável saindo de casa só pq tá nessa droga de fase amarela, pelo amor de Deus'. aí já começa os ataques, falando que eu sou idiota por ficar trancafiada em casa, que eu tenho que viver, que tá todo mundo saindo e só eu que tô em casa que nem besta. mano???? sinceramente eu não sei o que fazer. ninguém enxerga que essa merda de fase amarela é puramente um ato político e que ainda estamos bem fodidos com mil mortes todo santo dia??? eu tô fazendo a minha parte pra proteger quem eu amo, principalmente meus avós, mas aqui na minha própria casa parece que é crime respeitar uma quarentena, e eu que sou a filha da puta da história. sério, eu vou enlouquecer.
submitted by dvbia13 to desabafos [link] [comments]


2020.09.06 19:22 Cringezinha Meu peido também pesou

Vi alguém desabafar sobre ter se cagado acidentalmente e achei que era o momento de contar essa história.
Eu sou do interior do meu estado e fui morar na capital para fazer faculdade, mas depois de dois anos resolvi desistir do meu curso e prestar o ENEM para tentar ingressar em outra instituição. Fiz minha inscrição para fazer a prova na capital, mas acabei voltando a morar na minha cidadezinha do interior antes que a prova acontecesse, então teria que voltar pra capital para prestar o exame.
Já era fimzinho de 2018 e eu conheci um rapaz muito bem apessoado que estudava medicina (GUARDEM ESSA INFORMAÇÃO). Eu tava super afim dele, mas não tinha tempo pra namorar porque estava estudando para mais um vestibular e o ENEM estava chegando.
Enfim, na semana do ENEM eu estava com minhas passagens para ir pra capital compradas, e me deu na telha uma vontade irresistível de comer empadinha de camarão. Moro no sul, longíssimo da praia e é difícil encontrar um camarão de qualidade, então parti pra um desses lugares que só vendem empada. A meia noite daquele mesmo dia eu estava internada vomitando até as tripas e ardendo de febre. O médico me disse que eu teria que melhorar muito rápido pra ser liberada a tempo de pegar o ônibus pra ir fazer minha prova e provavelmente isso não aconteceria. Minha preocupação não era com o fato de eu estar doente, mas com o fato de que eu não podia perder mais tempo da minha vida, então mandei mensagem pro boy que estudava medicina e pedi pra ele vir me visitar e inventar pro médico que eu tava bem melhor.
No dia da minha passagem marcada o rapaz foi até o hospital (pois, como dizia minha amiga, ele comia um caminhão de merda por minha causa kkkk) e se sentou e começou a conversar comigo. De repente me veio uma vontade incontrolável de peidar, e justamente por ser incontrolável é que eu peidei bem discretamente, sem fazer barulho, e continuei conversando com ele. Alguns minutos depois eu tive que me levantar pra fazer não sei o que e quando eu virei de costas pro rapaz ele me chamou. Confesso que eu não tinha ficado tão desesperada quando vi a cama toda suja de merda, mas quando fui pro banheiro e percebi que estava suja até nas costas foi que eu não sabia onde enfiar a cara. Entrei no chuveiro correndo e estava pensando na vergonha que passei, mas acabei ouvindo a voz do médico e pensei que tudo tinha acabado, então comecei a chorar e vomitar.
Quando saí do banho vi que o quarto tava todo limpo e o boy me contou que ele e minha mãe juntaram a roupa de cama e jogaram no lixo antes que o médico tivesse chegado e fingiram que eu estava bem. Ganhei alta, fui pra capital, comecei a fazer a prova, mas quando chegou na hora da redação o estômago embrulhou e eu fui correndo pro banheiro. O tanto que eu vomitei parecia coisa de filme e eu me arrependi de ter nascido naquele momento. Voltei pra sala faltando meia hora pra acabar a prova, escrevi a redação que nem minha bunda (ou seja, do jeito mais cagado possível) e sem rascunho, mas deu tempo.
O resumo do desfecho: eu e o rapaz não ficamos juntos, mas nos tornamos amigos, e eu PASSEI NA FACULDADE QUE EU QUERIA com folga, e passei outra vez pelo vestibular da faculdade também. Ufa!
E, por último, mas não menos importante, nunca mais comi empadinha de camarão.
submitted by Cringezinha to desabafos [link] [comments]


2020.09.04 22:29 loupdufromage Enfiei o dedo no cú e o que encontrei me deixou surpreso! (Spoiler: Posso ter câncer)

Antes de contar a história, já vou avisar que não é copypasta ou algum outro tipo de zoeira. O título é meio sensacionalista mas é um tl;dr da situação.
Background:
Brasileiro; menos de 25 anos; nunca enfiou o dedo no cú.
A história:
Cheguei num ponto da quarentena em que já não sabia mais o que fazer para inovar na punheta com os recursos que tinha em mãos. Explorei altas categorias do Pornhub, até assinei o Premium para dar uma "apimentada" e liberei umas conquistas das quais não tenho nenhum orgulho. Bati sentado, deitado, em pé, de cabeça para baixo... Segui altas instruções em vídeos de JOI (só não fiz o CEI porque acho nojento mas confesso que ponderei a ideia).
Um dia desses, tava na farmácia comprando uns produtos de higiene e me deparei com um frasco de óleo de coco. Uma lâmpada se acendeu sobre minha cabeça: em todos os meus anos de experiência com trabalhos manuais, nunca tinha usado óleo.
À noite, na hora do test drive, veio outra lâmpada: mãos limpas, unha cortada, lubrificante em mãos... Eu já tinha lido sobre o tal do orgasmo da próstata uma vez, mas na época me pareceu trabalhoso demais. Agora, porém, era diferente. Não é como se eu tivesse coisa melhor para fazer...
Dei uma pesquisada no Google para não ir às cegas, estendi uma toalha sobre a cama, lubrifiquei o fura bolo e comecei a expedição.
Não vou fazer um relato de tudo, porque não é o propósito desse post. Depois do ocorrido eu procurei umas ilustrações anatômicas na Internet e aparentemente eu "errei" a próstata, porque na hora que coloquei o dedo eu o dobrei como se estivesse fazendo um gesto de "vem aqui" e, pela posição da minha mão, isso me levaria para o reto. Acho que por engano eu li instruções para quem iria fazer isso em outra pessoa, e não para quem iria fazer em si mesmo.
Enfim, agora fica meio NSFL porque eu não sei de uma forma menos desagradável de descrever isso, então vou usar tags de spoiler:
Enquanto mexia o dedo, eu senti uma saliência meio rugosa, com uma "textura" de verruga ou (é aqui que fica mais nojento) de carne moída cozida. Na hora eu já entrei em pânico, e na minha cabeça era uma parada gigante. Depois eu fui perceber que como eu consegui sentir toda a saliência de uma vez com a ponta do meu indicador, não deveria ser muito grande. De todo modo, era bem óbvio que aquilo não deveria estar ali. Eu dei uma mexida para ver se saía, mas não saiu.
Assustado com minha descoberta, recuei e fui buscar mais informações na Internet. Como já era de se esperar, a resposta da interwebz é que eu tenho câncer ou algo que pode virar câncer (pólipo), o que é uma merda, já que eu queria muito encontrar algo do tipo: "Isso é algo que todo mundo tem no cú e você não precisa visitar um médico para ver se não tem câncer só por causa disso".
O problema é que eu nem sei qual especialista procurar (acho que seria gastro, mas não tenho certeza) e, principalmente, como explicar a situação. Embora eu seja um cara bem liberal, a masculinidade tóxica que me contamina desde a infância me deixa super desconfortável com a ideia de chegar para um(a) médico(a) e dizer:
Doutor(a), tava com o dedo no cú na semana passada e achei um negócio estranho. Tem como o(a) senhor(a) dar uma olhada para ver se não é câncer?
Enfim, só queria desabafar mesmo. Eu tô extremamente preocupado com isso e acho que compartilhar anonimamente vai aliviar um pouco.
Não vou convocar os médicos do brasil porque me parece bem claro que preciso me consultar pessoalmente com um médico, mas se alguém puder pelo menos me dizer qual tipo de especialista devo procurar, já ficarei grato.
submitted by loupdufromage to brasil [link] [comments]


2020.09.04 18:33 DanteStonecross Senta que la vem história

Eu to a algum tempo lendo e comentando coisas nesse /, e eu sempre quis dizer varias coisas aqui, porque de algum jeito eu me sinto confortável de ver essas coisas e todos vocês, mesmo discordando com algumas pessoas aqui e ali ta tudo bem, discordar é normal, faz a gente mais humano.
Mas eu queria muito contar uma história aqui hoje, é uma jornada importante pra mim, e eu espero que vocês gostem de me ver aprendendo uma coisa muito complicada. Nessa história, todos os nomes serão fictícios, e será um resumo muito resumido, então a grande maioria dos fatos não está aqui, mas o que isso tudo me ensinou, você vai poder ver com certeza.
Eu sempre fui um Romântico, e quando eu digo Romântico, eu falo da escola literária, eu não uso aquele português difícil, mas eu enxergo o mundo de uma maneira similar, eu vivo os momentos com as pessoas com intensidade, com muito sentimento, e os momentos seguintes a esses vem a melancolia.
A primeira vez que eu me apaixonei quando tinha 11 anos, o mundo se tornou diferente pra mim, era como se de repente todo o resto fosse preto e branco, e apenas aquela garota fosse colorida(eu tenho essa história contada em um texto, que é o ponto inicial da minha depressão, escrito exatamente como aquela criança enxergava o mundo, se ao final alguém se interessar eu mando sem problemas).
E, perto se fazer 14, em 2013, eu conheci uma garota muito mais do que bonita, ela era simplesmente divina aos meus olhos, ela era tão incrível, ela tinha absolutamente tudo que eu gostava. Eu conheci a Ágata dando aulas de matemática(o que mais um nerd faz?) e algo me chamou muita atenção: mesmo com 13 anos eu já tinha dado muitas aulas pra muitas pessoas e todo mundo tem um limite, todo mundo desiste(pede uma pausa) depois de X questões, mas ela não, mesmo sem entender muitas coisas ela persistia até o fim tentando entender tudo, até o horario dela ir embora ela continuou la, com o caderno e a caneta fazendo de tudo pra conseguir entender.
Bons meses depois Ágata se tornou minha melhor amiga(embora no início ela respondia minhas mensagens a cada 3 semanas, sem exagero!), e mais um tempo depois e muitos conflitos com a família dela, a gente começo a namorar.
Eu ainda não posso explicar o que era a sensação de namorar com ela, ela era literalmente o que todo garoto sempre sonhou: baixinha, cabelo cacheado, um rosto muito agradável, um sorriso lindíssimo, peitos e bunda enormes(ENORMES), cantava feito um anjo, era popular, divertida, extrovertida, dedicada, esforçada... É uma lista de qualidades que, na época, transbordava.
De 2014 até 2019, nós tivemos 3 anos de relacionamento e 5 anos de amizade, e eu aprendi muito mesmo em todos esses anos. O motivo do término do relacionamento(numa versão em resumo do resumo do resumo) foi, principalmente, possessão. Eu tenho um pai que é extremamente possessivo e eu levei 14 anos pra sair das garras deles(ou seja, ainda era recente quando eu conheci ela), e 1 ano depois do namoro ela começou a querer cada vez mais a minha atenção, onde eu não sentia mais liberdade pra fazer coisas que eu queria, porque eu tinha que ficar 3 horas falando no telefone com ela(e eu nem gosto de falar no telefone).
Não me entendam mal, eu não estou dizendo que fui perfeito, que não tive defeitos ou que só eu que estava passando por problemas, acabou porque precisava acabar. Inclusive se você, Ágata, por algum motivo descobriu o reddit e se reconhecer nesse post, saiba que mesmo não mais falando com você e não conseguindo mais olhar na sua cara(história pra outro dia), você pra sempre terá minha gratidão e meu respeito, nós vivemos muitas coisas juntos e, se hoje eu sou um homem, foi você que o moldou, muito obrigado.
Quando isso terminou, eu comecei a conversar mais com uma outra garota que eu conhecia, estudava na mesma escola que a gente, e conforme eu a conheci, ela começou a conquistar cada vez mais espaço no meu coração.
Carol era uma mulher interessante de várias maneiras, ela era extremamente extrovertida, cantava muito bem, tinha muitas histórias pra contar, era uma das pessoas que mais tinham ficado com gente na escola, e principalmente, ela tinha acabado de ganhar uma filinha. O jeito que a Carol olhava pra filha dela me fazia querer estar por perto, não porque ela parecia uma mãe incrível, mas porque havia uma dualidade dentro dela: aquela criança foi concebida de um estupro, onde foi muito difícil aceitar conceber a criança, quando ela nasceu era completamente visível que ela não sabia o que fazer, ela amava mais do que tudo aquela criança, ao mesmo tempo que ela via o homem que fez isso quando olhava pra ela(graças a deus, isso mudou bem rápido).
O tempo passou e eu e Carol começamos a nos dar muito bem, e em meados de 2019 a gente se beijou pela primeira vez, essa foi oficialmente a segunda pessoa que eu beijei na vida e cara, que coisa mais estranha, eu não sabia nem como descrever o que tinha sido aquilo de tão estranho... Até que ela me beijou uma segunda vez, e ai oficialmente, aquele era o melhor beijo do mundo.
Eu e Carol ficamos mais algumas vezes, e a gente se dava muito bem em tudo, até na cama era muuuuito diferente do que era com a minha ex, e a gente fazia tantas coisas juntos, viamos animes, conversavamos sobre varias pessoas, saíamos pra comprar roupas...
Cada dia que passava o meu sentimento só aumentava, e quanto mais ele aumentava, mais coisas que eu achava incríveis aconteciam, como a gente ver as coisas abraçadinhos, ficar de mãos dadas, varias dessas coisas de casal.
O meu erro? Carol desde o inicio falou "Não se apaixona por mim, eu não me apaixono por ninguém". Eu segui essas instruções o quanto foi possível, mas cara, talvez fosse loucura minha, mas parecia muito que ela também estava apaixonada, não com palavras porque toda vez que eu mencionava ela mudava a expressão e o jeito por um tempinho, mas as atitudes dela, os nossos momentos...
Depois de um tempo, no inicio desse ano, eu tentei cortar a Carol da minha vida torcendo pra que resolvesse meu problema, e deu certo por 1 mês até que ela me mandou mensagem perguntando quanto tempo isso levaria. Eu dei o meu melhor e coloquei todos os meus sentimentos em um texto, cada palavra continha tudo que eu sentia por ela, e ela também fez um texto de volta pra mim, e eu pude sentir o que ela sentia também, ela queria ser só minha amiga, e nada mais.
Nós ficamos mais 3 ou 4 meses sem nos falar até que, por intermédio de uma amiga em comum, a gente voltou a se falar e, desde então eu vi Carol mais umas 3 ou 4 vezes, mas é tudo muito estranho, a gente troca mensagens uma vez por semana e olhe la, eu nem acredito que um dia a nossa amizade volte, quanto mais a gente ficar ou coisas do tipo.
Mesmo com tudo isso, ela sempre viveu no meu coração.
Porem aqui vem a lição, meus amigos.
Há semanas atrás, eu consegui contato com uma garota que a gente não se via a muitos, muitos anos. Sabe aquela história de primeiro amor a gente nunca esquece? Esse foi meu segundo, e o que eu verdadeiramente nunca esqueci, eu sempre vou me lembrar do meu primeiro dia de aula numa escola completamente nova, e no fim do dia eu ainda todo perdido uma garota me puxa, me olha nos olhos e a primeira coisa que ela diz pra mim é: "Você namoraria comigo?". A resposta pra essa pergunta era não, obviamente, foi muito aleatório, mas eu estava tão nervoso que saiu "sim", ela deu um sorrisinho e voltou ao que tava fazendo. Desde aquele dia, Livia se aproximou cada vez mais de mim, e ela tentou me conquistar todos os dias, e acreditem em 2012/13 eu não era naada fácil.
E quando eu consegui falar com ela novamente, alguma coisa dentro de mim estalou, a gente voltou a conversar e era como se nada tivesse mudado, a gente conseguia desenvolver do mesmo jeito que a gente sempre fez, nem parecia que tinham 7 anos sem contato. A gente se viu algumas vezes(sim, eu sei que a gente ta de quarentena, todas as medidas de seguranças foram tomadas pra gente conseguir) e, cara, eu tinha me esquecido o que é olhar pra alguém que te olha como se você fosse uma obra prima, aquele olhar de quando éramos crianças não mudou nem um pouquinho, ela ainda olha pra mim como se eu fosse a pessoa mais legal do mundo.
Eu, com todos os meus defeitos, com todas as minha chatisses e meu jeito ""inteligente"" de ser, onde a lista de qualidades é exatamente igual a lista de defeitos, ela me vê como se fosse alguém muito mais do que incrível.
E eu olho pra ela assim também, e quando eu a olho, eu quero que ela sinta a pessoa incrível que eu vejo, uma pessoa que passou por inúmeros problemas pelo mundo afora e ainda passa, alguém que realmente foi a raiz do meu gosto pelas mulheres, que me ensinou que atitude é a melhor caracteristica possível em alguém, e que eu quero alguém com isso na minha vida, alguém que tenha coragem de me puxar pelo braço e dizer que me quer, alguém que queira os meus toques, alguém que querias os meus carinhos, as minhas massagens, os meus abraços, as minhas implicações, assistir animes ou séries comigo, beber comigo, aprender e viver todo tipo de experiências e situações. É isso que eu quero com ela também!
Esse é um pedacinho da minha odisseia, eu pedi a Deus, ao universo, a seja la o que for que estiver ai fora por nós, pra que 2020 seja um ano de apredizados e conquistas, 2020 foi o ano mais difícil da minha vida, onde por conta de um treinamento pra competição, da pandemia(home office) e tambem por causa de ter a Carol na minha cabeça, eu passei pela pior fase da minha vida, mas eu consegui correr atrás de ajuda a tempo(onde eu devo a minha vida a minha hipnoterapeuta, que mulher excepcional) e, no final dessa jornada, eu cresci muito e me tornei bem mais forte.
Muito obrigado, eu deixo aqui os meus agradecimentos a todas essas garotas, que me mostraram quem eu quero junto a mim e quem eu quero ser, a minha mãe que é a melhor mãe do mundo e, mesmo a gente se desentendendo as vezes, eu não resistiria sem ela, a minha hipnoterapeuta que consegue a façanha de me colocar em transe(hipnose ericsoniana é a melhor, sem dúvidas!) e que me ensinou muuuito mais lições do que eu teria aprendido em 20 anos da minha vida.
E principalmente, muito obrigado a mim mesmo, por ter aguentado até aqui, por nunca ter parado de ir pra frente mesmo pensando todos os dias em desistir, em jogar tudo pro ar, pensando até em coisas muuito, mas muuuuito mais escuras nos dias mais dificeis, mesmo assim nós estamos aqui, prontos para a proxima jornada, onde a gente vai sofrer, mas a gente vai aprender algo a respeito disso no final.
Se você chegou até aqui, meu caro amigo, eu só queria te contar a história de como eu descobrir o que, pra mim, é o amor. Amor é o que eu sinto quando olho pra alguém que também me devora com o olhar e as atitudes, amor não é toda a intensidade, todo o fogo, toda a loucura, não! Pode ser um pouco disso, mas principalmente, amor é reciprocidade, é você não ter que se esforçar em mudar 1001 coisas só pra agradar a pessoa, quem você ama e quem te ama de verdade gosta de você por ser quem você é, e é isso que eu quero pra minha vida, amar e ser amado!
Eu não sei se eu e Livia vamos ficar juntos, a gente deve descobrir mais a frente, mas eu sei que eu quero isso, e se o destino(ou o universo, ou deus...) não permitir que a gente fique junto, tudo bem, eu sei agora o que procurar, e que vai existir mais alguém que olhe pra mim do jeito que eu olho pra ela.
submitted by DanteStonecross to desabafos [link] [comments]


2020.09.04 16:58 fernandaabreu_famf Às vezes, tenho vontade de não existir mais...

Tenho depressão e faço tratamento medicamentoso. Antes de ser diagnosticada e começar o tratamento, passei por um bom bocado de ter uma vontade louca de me suicidar. A única coisa que sempre me segurou a evitar realizar foi eu acreditar em Jesus. Sim. Por isso é realmente ridículo ouvir de alguns que é só ir para igreja que vai passar mesmo sendo criada dentro dela.
Bem, meu desabafo é que, embora não esteja mais passando na frente do IML da Leopoldina e imaginando e almejando exaustivamente como seria ter meu corpo lá dentro como aconteceu na minha pior crise que me levou ao psiquiatra para fazer tratamento, surge uma vontade parecida de pensar como seria bom já não estar mais aqui.
Hoje, estou vivendo mais um desses "episódios".
Há pouco tempo aconteceu um incidente na pandemia que eu quase, de fato, morri. E me pego pensando o porquê de não ter ido naquele dia já que teria sido muito bom terminar com tudo isso.
Fui fazer um bolo e tinha muita mosca na cozinha. Joguei inseticida no ar na cozinha para espantá-las e continuei fazendo o bolo. (Sim, eu fiz um cagada da boa. Nunca mais usei inseticida dessa forma por ter aprendido na marra que esse é um jeito errado de empregá-lo).
Coloquei o bolo para assar e fiquei esperando. Até que comecei a me coçar muito meu corpo e meus olhos. Subi e fui no banheiro e vi que minha cara estava inchada e vermelha. Meus braços coçavam e falei com minha mãe que estava passando mal e avisei ao meu irmão para vigiar o forno.
Tomei polaramine e prednisolona. Fui direto tomar banho para aliviar a coceira. Fiquei com medo de desmaiar dentro do box, mas cheguei no meu quarto, gritei pela minha mãe e desabei na cama em cima da minha cadela Athena (foto do perfil). Eu senti que ia morrer.
Não sei como minha mãe conseguiu me escutar, porque mal tive forças para chamá-la e ela não escuta direito de um ouvido. Mas ela apareceu no meu quarto e me viu naquele estado.
Eu consegui voltar do desmaio e sentei no vaso sanitário. Minha mãe pediu ajuda ao meu pai e a meu irmão. Eu só falava para não largarem minha mão e nem me deixar sozinha, porque sabia que tinha chegada a hora.
Minha pressão estava muito baixa e eu não conseguia ficar com olhos abertos. Falei para baterem em mim para evitar outro desmaio, porque sabia que seria fatal. Foram horas de luta contra queda de pressão até normalizar. Estava na época do início da pandemia no país.
No dia seguinte, um peixe do aquário do meu irmão simplesmente apareceu morto. Minha cadela que foi adotada e era nova (a da foto do perfil) começou a, "do nada", ter cansaço para andar e respirar. Ela sofreu 2 semanas e seu coração parou.
Fez 3 meses que ela partiu agora em 01/09 e gostaria muito de ter ido no lugar dela.
Não consigo estágio,nem emprego e estou há anos na luta. Vejo as pessoas conseguindo as coisas e eu nem consigo ao menos me sustentar e nem ajudar em casa.
Sou um estorvo para meus pais e não sei como tem gente que consegue um emprego.
Queria muito que tudo acabasse para esse sofrimento terminar.
Sou uma inútil que não sabe fazer nada e ninguém dá uma chance sequer.
Estou exausta de tentar as coisas e só baterem as portas na minha cara.
Só queria uma chance para desenvolver uma carreira.
submitted by fernandaabreu_famf to desabafos [link] [comments]


2020.09.02 14:16 Whatever0220 Karen é presa, depois de QUASE MATAR meus 2 cachorros e tentar fazer seu filho ser preso em seu lugar, por me ajudar.

Olá Luba, gatas, editores, plantas, papelões, seres isolados em suas casas e turminha que está lendo. Aqui estou eu outra vez. Essa história é grande, mas vou reduzir em apenas um post. Eu espero que vocês gostem. Vamos com isso:
Parte 1 - Motivações:
Dia 14 de agosto de 2020, Sexta-feira, 04:30 da manhã. Eu acordei e levantei da minha cama. Cristal (Raça: Samoieda / Idade: 2 Anos) subiu em cima de mim e começou a me lamber. Eu retribuí com um afago em seu pescoço. Desci as escadas e percebi que meus pais e minha irmã ainda dormiam. Fui até a cozinha, onde encontrei Zelda (Raça: Zwergspitz / Idade: 3 Anos e meio) deitada no chão. Ela também estava "a mimir". Chamei Cristal, pus sua coleira e minha máscara, e saímos para caminhar. Caminhamos tranquilamente até que, absolutamente do nada, surgiu um carro preto, onde estavam a Karen e seu filho, que chamarei de "CL" (Cara Legal). Cristal tinha o hábito de me proteger de tudo e de todos; acaba sendo um instinto natural dela. Ao latir, a Karen deu um salto para trás e gritou:
- AAAI, CACHORRO DE M*RDA, VAI EMBORA!
Ao me ver, com a coleira na mão, acalmando aquela bolinha de pelos gigante, ela me disse:
- Ei você. Controle seu animal antes que EU faça isso.
E saiu de cena, entrando em sua casa. CL, que devia ter uns 20 a 21 anos, me pediu desculpas e disse que não precisava me preocupar, visto que SUA MÃE NUNCA CUMPRIA PROMESSAS.
Parte 2 - Traições:
Eu voltei pra casa, às 05:03 da manhã. Meu pai já estava de pé e minha mãe ainda estava acordando. Zelda já havia saído da caminha e estava caminhando pelo apartamento. Ao chegar, deixei Cristal solta e tomei um banho para me liberar. Passaram-se apenas 30 minutos, quando um carro preto parou em nossa casa. Cristal começou a latir. Zelda a acompanhou. Ao ver quem saia do veículo, eu fiquei em choque. A Karen. Mas não foi isso que me preocupou. Junto dela, estavam uma viatura da polícia e um caminhão do CANIL. Percebi o que ela queria fazer: dizer que meus cachorros a morderam, e que eu não fiz nada, para que eles fossem levados, assim como eu. Eu me vesti o mais rápido que pude e desci a tempo de poder atender a porta. Quando eu a abri, o policial disse:
- Bom dia, meu jovem. Esta mulher afirma que você deixou seus cachorros a morderem. Isso é verdade?
- Não! Ela está mentindo!
A Karen gritou:
- Viu?! Eu lhe disse! Ele já está dizendo que é inocente. Enquanto vocês fazem o serviço de vocês, eu tenho que ir trabalhar. Tchaau!
O policial advertiu:
- Senhora, não deixe o local. Precisamos dos depoimentos de ambos os lados e ouvir as testemunhas. Aí sim, daremos um "pré-veredito".
Foi nessa hora que a Karen percebeu a lambança na qual se meteu. Seu rosto se empalideceu e suas mãos se fecharam. O policial voltou a falar:
- Há alguma testemunha do caso na casa?
- Não, eu estava sozinho. Apenas eu, a Karen e...
Foi nessa hora que eu me lembrei de alguém. O CL!
- Senhor, eu conheço alguém que pode ajudar. O filho da Karen estava na cena.
- Ok então, vamos falar com ele. Precisamos que ambos venham conosco.
Seguimos até a casa da Karen, que fez de tudo para convencer o Policial de que eu deveria ser levado, mesmo sem a investigação estar concluída. Ao chegarmos na casa, o policial apertou a campainha e o CL atendeu. O oficial falou as mesmas coisas para ele.
- Bom, eu vi tudo e posso dizer que só houve o seguinte: Minha mãe e eu chegamos de carro, OP estava vindo com o cachorro, e este latiu para nós. Apenas isso. Não houve agressão por aparte de OP ou de seu cachorro. Mas minha o xingou e ameaçou de levar o animal, caso ele "não se controlasse".
A Karen ficou estarrecida. Eu pude ouvir ela murmurando "Traidor".
Parte 3 - Tentativa de Homicídio:
Ao perceber que seria levada, ela (não sei como) pegou as chaves do carro do canil, agarrou a PISTOLA do policial, apontou pra minha cabeça e disse:
- Vamos à sua casa. Você vai por seus bichos no caminhão e pronto.
- Nunca!
- Anda ou morre.
Todos na cena ficaram atônitos, sem saber o que fazer. Na real, sem saber se sequer PODIAM fazer algo. Eu entrei em casa, peguei dois cachorros de pelúcia e escondi seus rostos. A Karen foi tão burra que acreditou. Ela já estava indo embora, quando Cristal saiu de casa e foi parar no meio da rua. Zelda foi atrás. A Karen percebeu, deu a volta e acelerou com tudo pra cima delas. Nisso eu e CL corremos e conseguimos pegar as cadelinhas. A Karen bateu o caminhão em um poste, que caiu e (acreditem no carma, crianças) quebrou o vidro do carro dela.
Ao sair do veículo, gritou ao policial:
- Policial! Prenda esses malucos. Eles quase me mataram! Eu poderia ter morrido! Prenda eles!
- Senhora, você roubou as chaves de um carro e o equipamento de um oficial em exercício, manteve um menor de idade refém (Tenho 15 anos), quase matou dois jovens e dois animais, deu falso testemunho a um oficial e depredou o espaço público. Só por isso, já estou definindo a sua PRISÃO EM FLAGRANTE.
Ela desmaiou. O carro a levou para o xilindró. Eu fiquei um tempão falando "Obrigado, CL".
Dia 29 de agosto de 2020, Sábado, 17:47 da tarde. O pai de CL chegou em casa, foi até o nosso apartamento e, junto do filho, pediram desculpas para mim e para minha família pelo ocorrido. Como forma de "retribuir", eles trouxeram uma LASANHA DE FRANGO para todos nós comermos. Nós os convidamos para ficar um pouco, mas eles tiveram que recusar, graças aos distanciamento social.
Hoje em dia, Karen cumpre prisão de 4 anos. Eu e CL somos amigos próximos. Meus pais e o pai de CL agora são bem mais próximos. E o mais importante: Cristal e Zelda passam bem! Bem, foi isso.
submitted by Whatever0220 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.31 08:21 LuDeVa Como foi meu "Feliz aniversário"

Olá, para quem não sabe, dia 29/08 eu postei aqui sobre como eu estava me sentindo em relação ao meu aniversário e como essa data me afeta todo ano (Caso você não tenha visto, acho que você não vai entender direito essa publicação). E bom, como essa comunidade me ajudou, eu me achei no dever de atualizar vocês sobre como foi meu "Feliz aniversário".
Eu acordei de manhã e já tive meu coração arrasado, uma mensagem de meu pai... Na mensagem ele me desejava feliz aniversário mas também falou algumas coisas que me quebraram totalmente, como: "Eu sei que minha ausência machuca você" , "Eu sei que foi falta de compreensão não conversa com você", "Não são minhas palavras que vão justificar o meu erro", "Só peço desculpas a você". Essas palavras me quebraram de um jeito que eu não tive forçar para responder. Simplesmente desliguei meu celular e fiquei jogado na minha cama. Fiquei jogado na cama por horas, nunca tive ansiedade, mas, naquelas horas minha mente ficou dividida e eu já estava certo que iria fazer algo de errado, já tinha tudo planejado, confesso que só não fiz besteira por falta de coragem e por causa das palavras que vocês me disseram, as palavras de vocês me ajudaram. Mais tarde minha tia e meu tio vieram em casa, trouxeram um bolo, mas infelizmente eu estava quebrado de mais para me alegrar com eles, fiquei por pouco tempo aproveitando a presença deles e na maior parte do tempo fiquei em meu quarto sozinho. O dia foi se passando, e uma amiga muito querida para mim me enviou parabéns, e ela passou por uma situação parecida em relação ao seu pai anteriormente, então eu pedi ajuda para ela, ela me ajudou bastante. Quando era 22:00 horas eu finalmente tive coragem de responder, escutei aqueles áudios dele mais uma vez e enquanto chorava escrevi um texto enorme sobre como a ausência dele me machucou e atrapalhou a minha vida, mas que eu perdoava ele pois sei que ele teve os motivos dele (Não sei quais foram, mas com certeza teve) e terminei dizendo para ele não se culpar pelo o que aconteceu como eu fiz por todos esses anos, por que essa experiência machucou, mas nós tornou o que somos agora e o que seremos no futuro.
Ele viu a mensagem, e quis ligar, a gente ligou, conversou por um tempinho, e acho que foi o suficiente para eu acalmar um pouco mais essa confusão toda dentro de mim. Ele disse para a gente ligar mais vezes, não sei se conseguirei por causa da minha timidez e falta de coragem, mas só de ter ligado uma vez, foi muito bom.
Assim eu termino de falar sobre esse dia que tinha de tudo para dar errado, e por muitas vezes eu pensei que tinha dado errado, mas no fim deu certo. Só tenho que agradecer a Deus, a vocês e a palavras de vocês que me ajudaram muito, a minha amiga e a minha família, que mesmo eu estando de mal humor e emburrado, estavam aqui comigo.
Caso alguém esteja passando por algo parecido. Cara... Se prepara que vai doer, vai doer muito e muitas vezes você vai pensar em desistir, mas relaxa, respira e tenta ficar calmo em meio a toda essa tempestade, uma hora passa, e você vai superar.
Novamente, muito obrigado a todos, vocês são maravilhosos.
Quem sabe até ano que vem :D Adeus
submitted by LuDeVa to desabafos [link] [comments]


2020.08.31 05:07 altovaliriano Stannis Baratheon (Parte 7)

O objetivo inicial de Stannis era sentar no Trono de Ferro. Minha impressão é que esse era o plano desde que ele abandonou Porto Real. Outros leitores alegam que esta intenção surgiu apenas depois da morte de Robert. Qualquer que seja o caso, todos devemos concordar que este era o objetivo ao menos desde o Prólogo de A Fúria dos Reis.
Por sua vez, Melisandre já alegava que o rei era a reencarnação de Azor Ahai. Talvez já pensasse assim antes. Mas não sabemos. Tudo que sabemos é que a mulher vermelha promoveu Stannis a herói renascido e nunca o tirou do altar.
Até Tormenta de Espadas, Stannis nunca havia se identificado com o papel de Azor Ahai. Só seguia os conselhos da feiticeira de Asshai para tentar reverter a desvantagem que Renly havia lhe imposto. Depois que conseguiu precisava para combater seus inimigos, até a colocou na geladeira. Atacou Porto Real apenas como Stannis Baratheon, não Azor Ahai, algo que Melisandre não tardou em usar isso contra ele, depois que retornou derrotado à Pedra do Dragão.
Ela voltou a afirmar que ele era um herói renascido e, derrotado e desmoralizado, Stannis começou a lhe dar ouvidos. Ela lhe mostrou uma visão no fogo, falou de uma guerra contra a escuridão, disse que poderia acordar um dragão da pedra, requisitou sangue de um rei e temperou a fábula de Azor Ahai de modo que o herói também era um rei legítimo.
O truque de Martin foi deixar Stannis e Melisandre muito tempo a sós, pensado que Davos havia falecido. Depois o truque foi Davos retornar com um plano para matar a sacerdotisa, o que o tornava mais um traidor. O rei só chama Davos porque Melisandre requisita, mas nem a feiticeira nem Baratheon poderiam prever que o cavaleiro das cebolas atiraria verdades duras a seu suserano.
Stannis fica impressionado, e provavelmente abandona a noção de que Davos era um traidor, pois pergunta por que o cavaleiro queria matar a mulher vermelha. Depois que percebe que as razões eram pessoais (e não para traí-lo), o rei de Pedra do Dragão começa a abrir o jogo, mas de modo confuso e atrapalhado. Provavelmente porque não ele não sabe do que está falando. Só está repetindo o que ouviu de Melisandre.
O objetivo de Baratheon agora é lutar na “grande batalha” e unir toda Westeros contra o Grande Outro. É um plano parecido com o anterior, mas agora Stannis precisa abandonar a ideia de simplesmente ‘tomar o trono’ para abraçar o ideal de ‘unir o reino’. À semelhança de Aegon, o papel agora é acabar com as disputas internas e consolidar a figura de um único governante. Mas tal como Aegon, precisa-se de um dragão. Para conseguir o dragão Edric Storm deve ser sacrificado.
A areia corre agora mais depressa pela ampulheta, e o tempo do homem sobre a terra está quase no fim. Temos de agir com ousadia, senão toda a esperança estará perdida. Westeros tem de se unir sob seu único rei verdadeiro, o príncipe que foi prometido, Senhor de Pedra do Dragão e escolhido de R’hllor. […] – Dê-me o garoto, Vossa Graça. É a maneira mais segura. A melhor maneira. Dê-me o garoto e acordarei o dragão de pedra.
(ASOS, Davos IV)
Mas como é possível unir o reino sem antes tomar o trono? Não são ideias que redundam no mesmo ponto? Segundo o discurso legalista de Stannis, não. Tendo Stannis a convicção de que o reino e trono já são seus, diminui-se a urgência de tomá-los.
Não é questão de desejo. O trono é meu, como herdeiro de Robert. Essa é a lei. Depois de mim, deve passar para a minha filha, a menos que Selyse finalmente me dê um filho. – Passou três dedos levemente pela mesa, sobre as camadas de verniz liso e duro, escurecido pela idade. – Eu sou rei. Os quereres não entram nisso.
(ASOS, Davos IV)
Este discurso convenientemente repetido por Baratheon é a brecha para que permite a Stannis aceitar outros rumos que não atacar Porto Real novamente. Não fosse assim, por que ele sequer daria ouvidos a um plano de Axell Florent e Salladhor Saan para atacar a Ilha da Garra? Ou então por que Stannis esperaria tanto tempo para que Melisandre comprovasse a eficácia de suas promessas?
De todo modo, o discurso de que o título lhe pertence, aconteça o que acontecer cai como uma luva em sua nova mentalidade de herói mítico. Mais tarde será este discurso que autorizará que Stannis deixe Pedra do Dragão para responder ao pedido de ajuda da Patrulha descoberto por Davos. O rei viu a visão no fogo e aquilo o fez relativizar a buscar pelo trono.
Com meus próprios olhos. Depois da batalha, quando estava perdido em desespero, a Senhora Melisandre pediu-me para fitar o fogo da lareira. […] o que vi foi real, apostaria nisso o meu reino.
E foi o que fez – disse Melisandre.
(ASOS, Davos IV)
Mas os discursos dos personagens não veem sempre em seu auxílio. As vezes, ele são uma arma para ser usada contra ele. Esta é a razão pela qual Stannis fez de Davos sua Mão. Mas também é a razão pela qual Davos não será punido pela flagrante traição em traficar Edric Storm para Lys.
Ao condenar um eventual ataque a Ilha da Garra, Davos fez Stannis perceber que puniria homens como ele mesmo: que estavam obedecendo ordens de seu senhor contra o rei. Quando leu o pedido de ajuda da Patrulha da Noite, Davos usou a visão que Stannis e Melisandre lhe haviam contado e as profecias da grande guerra contra eles mesmos. Se Baratheon agisse diferentemente naqueles momentos, estaria virtualmente demonstrando que não era rei, herói ou sequer o Stannis que ele conhecia.
Não quero dizer com isso que Stannis não sofre transformações ao longo de A Tormenta de Espadas. Pelo contrário. O rei muda muito o seu discurso de um capítulo para o outro neste livro. O final do Davos IV e o começo de Davos V são espelhos um do outro. A situação modifica-se rapidamente quando as circunstâncias forçam o rei derrotado a admitir que Melisandre pode ter razão sobre o sangue de rei. Porém, nem todas as mudanças vieram em favor da tese de Melisandre. Ao dar alguma razão à feiticeira na mesma medida em que lhe retirava, Martin objetiva criar mais conflito interno no personagem, forçando Stannis a tomar uma decisão que refletisse sua personalidade da forma mais autêntica possível.
Primeiro, falemos das suspeitas que surgem de um capítulo para o outro.
Stannis antes achava que R’hllor deveria escolher alguém melhor, se achando inadequado para o destino que lhe era imposto. Entretanto, ao reparar que R’hllor escolhe como seus instrumentos os homens mais pífios e desonrosos, Baratheon passa a duvidar da lisura de seu deus.
O Senhor da Luz devia ter feito de Robert o seu campeão. Por que eu?
Porque é um homem reto – disse Melisandre.
(ASOS, Davos IV)

Será que a mão de R’hllor é manchada e entrevada? – perguntou Stannis. – Isso parece mais obra de Walder Frey do que de qualquer deus.
R’hllor escolhe os instrumentos de que necessita. – O rubi na garganta de Melisandre brilhava, rubro. – Seus caminhos são misteriosos, mas nenhum homem pode resistir à sua vontade ardente.
(ASOS, Davos V)
Por outro lado, após ser persuadido por Davos a não atacar a Ilha da Garra, Stannis falava em trazer justiça para cada pessoa nos sete reinos, independente da classe. No capítulo seguinte, porém, vislumbrando a chance de angariar apoio político fácil, fala que oferecerá indultos totais aos traidores que perderam seus reis para as sanguessugas de Melisandre. Mais do que qualquer coisa, essa passagem demonstra o quanto Stannis estava ávido para se livrar do dilema moral envolvendo o sacrifício de Edric.
Eu trarei justiça a Westeros. Algo que Sor Axell compreende tão mal quanto compreende a guerra. A Ilha da Garra não me traria nada... e seria uma coisa maligna, como você disse. Celtigar tem de pagar o preço da traição pessoalmente. E quando eu subir ao trono, pagará. Cada homem colherá o que semeou, do mais alto dos senhores ao mais baixo rato de sarjeta. E alguns perderão mais do que as pontas dos dedos, garanto. Fizeram o meu reino sangrar, e não me esqueço disso.
(ADWD, Davos IV)
...
O lobo não deixa herdeiros, a lula gigante deixa muitos. Os leões vão devorá-los, a menos que... Saan, vou precisar de seus navios mais rápidos para levar enviados às Ilhas de Ferro e a Porto Branco. Oferecerei indultos. – O modo como cerrou os dentes mostrou o pouco que gostava da palavra. – Indultos totais, para todos aqueles que se arrependerem da traição e jurarem lealdade ao seu legítimo rei. Têm de compreender…
(ASOS, Davos V)
Outra dúvida que acomete Stannis tem relação com a própria credibilidade das visões no fogo. Na primeira conversa, Stannis tem uma convicção profunda sobre o significado do que viu nas chamas. A seguir, mostra-se cético. Eu diria que, aqui, o rei está desdenhando do sucesso das sanguessugas com base nas previsões ambíguas que Melisandre fez no passado. Outra tentativa de se esquivar do sacrifício do bastardo de Robert.
A convicção na voz do rei assustou Davos profundamente.
(ASOS, Davos IV)
...
Há mentiras e mentiras, mulher. Mesmo quando essas chamas falam a verdade, estão cheias de truques, parece-me.
(ASOS, Davos V)
Porém, Melisandre conseguiu incutir algumas ideias em Baratheon. Quando libertou o Cavaleiro das Cebolas, Baratheon elogiava Edric Storm e se mostrava enfurecido por pensarem que ele o faria mal. Na segunda conversa, contudo, depois que Melisandre tanto destaca quanto o bastardo era a encarnação de uma afronta (e até mesmo de uma maldição) contra o rei, ele passa a expressar uma opinião negativa sobre o garoto.
O garoto encantou-o? Tem esse dom […]. Penrose preferiu morrer a entregá-lo. – O rei rangeu os dentes. – Isso ainda me enfurece. Como ele pôde pensar que eu iria fazer mal ao garoto?
(ASOS, Davos IV)
...
Já estava farto desse maldito garoto antes mesmo de ele nascer – protestou o rei. –Até o nome dele é um rugido aos meus ouvidos e uma nuvem negra que paira sobre a minha alma.
(ASOS, Davos V)
Por fim, enquanto que primeiramente o rei insistia a Melisandre que pensar em dragões era alimentar uma esperança tola, mais tarde ele mesmo passa a fantasiar com as possibilidades.
Não quero ouvir mais nada sobre isso. Os dragões acabaram-se. Os Targaryen tentaram trazê-los de volta meia dúzia de vezes. E fizeram papel de bobos, ou de cadáveres.
(ADWD, Davos IV)
...
Seria uma coisa maravilhosa vera pedra ganhar vida – admitiu de má vontade. – E montar um dragão... [...] Robert tirou os crânios das paredes quando colocou a coroa, mas não suportou a ideia de mandar destruí-los. Asas de dragão sobre Westeros... isso seria uma...
(ASOS, Davos V)
Neste momento Davos interrompe Stannis para combater os argumentos de Melisandre. Tal qual havia feito antes ao criticar o plano de Sor Axell, o cavaleiro das cebolas desempenha o papel do advogado de defesa. Tal qual havia feito anteriormente, Stannis deixa seus conselheiros debaterem livremente, como se a altercação acontecendo na corte fosse um reflexo de seu próprio conflito interno.
Os argumentos da nova Mão do Rei não são novos. São os mesmos que Stannis já havia apresentado à feiticeira e, por isso, Melisandre tem resposta para todos. No fim, porém, Davos inova argumentando que nem todos as sanguessugas haviam causado o efeito prometido.
Duvida do poder de R’hllor? [...]
Até um contrabandista de cebolas sabe distinguir duas cebolas de três. Falta-lhe um rei, senhora.
Stannis resfolegou uma risada.
Ele pegou-a, senhora. Dois não é igual a três.
(ASOS, Davos V)
Stannis mal conseguiu conter sua alegria. Davos apontou uma brecha que o livrava de ter que reconhecer que Melisandre tinha razão, algo que ele estava resistindo a fazer até aquele momento. A alegria, contudo, dura pouco. A feiticeira mostrasse confiante de que Joffrey morrerá em circunstâncias que evidenciarão o poder do sangue de Edric. Stannis fica contrariado e termina a discussão ainda insistindo no argumento de Davos.
Com certeza, Vossa Graça. Um rei pode morrer por acaso, até dois... mas três? Se Joffrey morrer, no meio de todo o seu poder, rodeado por seus exércitos e sua Guarda Real, isso não mostraria o poder do Senhor em ação?
Talvez mostre. – O rei falou como se se ressentisse de cada palavra.
Ou talvez não. – Davos fez o melhor que pôde para esconder o medo.
[…] Dois é diferente de três. Os reis sabem contar tão bem quanto os contrabandistas. Podem ir. – Stannis virou as costas a eles.
(ASOS, Davos V)
A discussão é encerrada, mas Davos sabe que o conflito interno de Stannis está longe de terminado, por isto ele fica para trás para repisar os pontos em que a opinião de Stannis não mudou:
  1. Edric é de seu sangue
  2. Edric é inocente
  3. Edric e Shireen se afeiçoaram.
Davos ainda quis repetir o nome do garoto a fim de humanizá-lo, pois Stannis teimava em não pronunciar seu nome.
Como era esperado, nada disso tem efeito. Até porque todos estes argumentos foram trazidos pelo próprio Stannis contra Melisandre. Ao voltar a eles, Martin apenas nos demonstra que Baratheon não descartava sacrificar Edric apesar daquilo tudo. O rei até pronuncia o nome de Edric, demonstrando que humanizá-lo não o faria temer mandá-lo para morte.
Martin fecha este pequeno arco de mudança de opinião com um último espelhamento. Em um capítulo, Stannis manda tirar Davos de sua cela. No seguinte, ameaça justamente jogá-lo de novo nas masmorras. Esse é o sinal de que Stannis não admite mais contestação, pois a possibilidade de entregar Edric a Melisandre já é quase uma realidade.
Vá – disse o rei por fim– antes que consiga se levar de volta à masmorra.
(ASOS, Davos V)
Entretanto, se o sacrifício não acontece depois, o que Martin quis com todo esse arco? E por que vimos Stannis se humanizar e não atacar a Ilha da Garra (um ato “maligno”, segundo ele mesmo), para que logo depois ele esteja em conflito sobre sacrificar uma criança inocente? Tanto o ataque a Ilha da Garra quanto o sacrifício de Edric não aconteceram. O que Martin quis mostrar com isso tudo?
Toda essa volta serviu para estabelecer as diferenças, dentro de um espectro de moralidade, entre os personagens em Pedra do Dragão.
Desde que fomos apresentados a Stannis em A Fúria dos Reis nos tornamos cientes que suas famosas honra e moralidade não são tão rígidas como se fala. Elas se curvam ao cumprimento dos deveres associados aos papéis sociais que ele assume e ao utilitarismo de desempenhá-los à risca. Em outras palavras, Stannis está sempre atento a desempenhar o papel que esperam dele.
Em A Tormenta de Espadas, Stannis admite isso com todas as letras. Quando lhe foi apresentado o dilema da Rebelião de Robert, entre seguir seu irmão e lorde e se tornar um rebelde ou seguir seu rei e manter-se um legalista, Stannis pensou que os laços de sangue eram mais importantes.
Escolhi Robert, não escolhi? Quando esse duro dia chegou. Escolhi o sangue em detrimento da honra.
(ASOS, Davos IV)
No dilema envolvendo Edric, entretanto, Stannis está sendo forçado a abandonar até mesmo seu sangue em prol de uma profecia que tanto salvará o mundo quanto lhe dará o reino. Diferentemente da Rebelião, Stannis agora é o rei e não o rebelde (na cabeça dele ,claro). Não é mais uma questão de lealdades ou legalidade, mas a escolha entre vidas a salvar e um reino para pacificar.
É claro que, como a única fonte de informações é Melisandre, Stannis exige evidências de que ambas as coisas realmente acontecerão, caso ele decida sacrificar o bastardo do irmão. Stannis é um homem desconfiado e orientado por evidências. Não quer fazer um movimento baseado em simples wishful thinking. Entretanto, Melisandre concede as garantias. Lhe fornece uma visão no fogo que o impressiona muito e realiza o ritual com as sanguessugas que “resulta” na morte dos outros três reis ainda vivos na Guerra dos Cinco Reis. Porém, vale mencionar, ainda assim Stannis pedia por garantias.
Jura que não há outra maneira? Jure por sua vida, porque juro que morrerá devagarinho se mentir para mim.
(ASOS, Davos VI)
Sendo assim, a conclusão óbvia é que o rei pode até ser alguém disposto a atos grotescos, mas ele somente os leva a cabo quando têm utilidade verdadeira. Inclusive, esta é a razão pela qual ele concorda com Davos de que atacar a ilha da Garra seria um expediente maligno. Ele não só iria punir as famílias inocentes de homens que lhe serviram com lealdade como não tiraria nada de realmente útil deste ataque, apenas saque.
Já com Edric Storm, o dilema que Martin impõe ao personagem se encaixa no padrão de “O que é a vida de um em comparação” e “As necessidades de muitos”, tropes normalmente associadas à busca pelo bem maior – o que não necessariamente coloca Baratheon na condição de herói, mas tampouco necessariamente o rebaixam à condição de vilão ou de antagonista.
Em verdade, mesmo depois da repentina mudança de opinião sobre Edric, o rei nunca deixou de considerar sua inocência e as consequências nefastas que viriam do ato, especialmente no que se referia a possíveis acusações de fratricídio. Stannis associa este tipo de postura a uma necessidade de cumprimento de seu dever como Azor Ahai e rei.
Quantos garotos vivem em Westeros? Quantas garotas? Quantos homens, quantas mulheres? A escuridão vai devorá-los todos, diz ela. A noite que não tem fim. Fala de profecias... um herói renascido no mar, dragões vivos chocados a partir de pedra morta... fala de sinais e jura que apontam para mim. Nunca pedi isso, assim como não pedi ser rei. Mas vou me atrever a não lhe dar ouvidos? – rangeu os dentes. – Não escolhemos o nosso destino. Mas temos... temos de cumprir o nosso dever, não é? Grande ou pequeno, temos de cumprir o nosso dever. Melisandre jura que me viu em suas chamas, enfrentando a escuridão com a Luminífera erguida bem alto. Luminífera!
(ASOS, Davos V)
Alegar que ‘não pediu’ para estar naquela situação é um gesto clássico de Stannis quando é colocado em uma situação que exige que ele tome escolhas difíceis. Stannis é um homem que dá muita importância ao preenchimento de papéis sociais, seja como irmão mais novo, conselheiro, marido, rei ou herói mítico renascido. Por essa razão conclui não ter controle sobre o próprio destino, que apenas lhe resta agir conforme seu papel.
Afinal, a lição que tirou na infância do caso do falcão Asaltiva foi que tentar agir em desconformidade com sua condição é algo ineficaz, que somente o coloca no papel de bobo. Isso condicionou a vida do Baratheon do meio à busca de desempenhar seu papel da forma mais eficiente e em conformidade com as suas condições. Assim, sua vida foi moldada na obediência aos seus deveres.
Quando era rapaz, encontrei um açor ferido e tratei dele até que recuperasse a saúde. Chamei-o Asaltiva. Costumava se empoleirar no meu ombro, esvoaçar de sala em sala atrás de mim e comer na minha mão, mas não voava alto. Uma vez ou outra levei-o à caça, mas nunca subiu mais alto do que as copas das árvores. Robert chamou-o Asafraca. Ele tinha um falcão-gerifalte chamado Trovão que nunca errava um ataque. Um dia, nosso tio-avô, Sor Harbert, disse-me para experimentar outra ave. Disse que estava fazendo papel de idiota com Asaltiva, e tinha razão.
Assim, todo o dilema enfrentado pelo rei de Pedra do Dragão centrava-se em comprovar a eficácia do método proposto por Melisandre, a fim de não fazer papel de bobo caso fosse uma furada. Stannis estava disposto a sacrificar alguém de seu sangue se conseguisse acordar um dragão e unir o reino sob seu comando para liderar a batalha contra as trevas. O que ele não estava disposto era a ser mais um idiota nas páginas da história, que pensava ter achado a fórmula para obter um dragão, mas no fim acabava morto ou humilhado.
– Não quero ouvir mais nada sobre isso. Os dragões acabaram-se. Os Targaryen tentaram trazê-los de volta meia dúzia de vezes. E fizeram papel de bobos, ou de cadáveres. Cara-Malhada é o único bobo de que precisamos neste rochedo esquecido por deus. Você temas sanguessugas. Faça o seu trabalho.
(ASOS, Davos IV)
Esta visão utilitarista é a postura de Stannis.
A postura adotada por Melisandre, Selyse e Axell é algo inteiramente distinto.
A diferença crucial entre Stannis, Selyse e Axell é que apenas o rei sente-se moralmente impedido de realizar o sacrifício, muito embora Edric também seja do sangue de todos eles. A rainha e o castelão não somente descartam completamente a humanidade e a inocência de Edric Storm, como eles fecham aos olhos ao fato de que “o bastardo de Robert” também é “o bastardo de Delena Florent”.
Edric é filho da prima de Selyse e, por força do casamento com Stannis, seu sobrinho. Já Axell é tio-avô do garoto. Figurativamente falando, o sangue Florent corre tão intenso nas veias de Edric quanto o sangue Baratheon. Este é um detalhe grandemente esquecido tanto pelo leitor quanto pelos personagens, mas que estabelece uma grande diferença de caráter entre Stannis e os Florent.
O rei não ignora o valor da vida que está tirando. A inocência e o fratricídio constituem obstáculos morais sérios para ele. Stannis tampouco deseja patrocinar um fiasco com sangue e desonra. Já Selyse acredita piamente no papo de Melisandre de que Edric conspurcou seu casamento e impôs uma maldição em seu ventre, impedindo-a de gerar filhos homens.
Robert e Delena profanaram a nossa cama e fizeram cair uma maldição sobre a nossa união. Esse garoto é o sujo fruto de sua fornicação. Levante esta sombra de meu ventre, e eu lhe darei muitos filhos legítimos, eu sei que sim.
(ASOS, Davos V)
Axell Florent é um homem ambicioso que vê traidores em todo lado, que está mais do que disposto a lançar à fogueira aqueles de seu sangue (no caso, seu irmão Alester).
Porém, é preciso ressaltar que a miopia de Axell não é condicionada apenas a sua ambição. Ele não apenas estava apoiando o sacrifício de Edric enquanto tinha chances de ser nomeado Mão. Mesmo depois que Davos passa a ocupar o cargo, Axell continua a fazer eco aos gritos de Selyse.
Assim, fica claro que a rainha e o castelão não hesitariam de entregar às chamas alguém inocente de seu próprio sangue caso Melisandre assim requisitasse.
Quanto à própria sacerdotisa de Asshai, pouco podemos inferir sobre sua moralidade. Entretanto, os argumentos que ela apresenta a Stannis parecem indicar que Edric não seria o primeiro inocente que ela sacrificaria na vida.
O Senhor da Luz aprecia os inocentes. Não há sacrifício mais precioso.
(ASOS, Davos V)
Portanto, o ponto de Martin com a “ameaça de sacrifício” era permitir que os leitores contemplassem o caráter de cada personagem envolvido para que soubéssemos “quem eles eram quando estava escuro” e, em contraste, notássemos que, por mais ambicioso, orgulhoso e estrito que Stannis fosse, não seria facilmente convencido a sacrificar o bastardo de seu irmão, mesmo quando as pessoas a seu redor estavam convencidas.
Ele está com eles, mas não é um deles, pensou Davos.
(ASOS, Davos VI)
No fim, entretanto, Edric Storm apenas sobreviveu por intervenção de Davos. A pergunta que fica com o leitor é: O que aconteceria em uma situação parecida se Davos não estivesse por perto?.
Mas isso é tema para outro texto.
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


Como fazer PUFF BAÚ GRANDE // Decor estilo ESCANDINAVO Pecado Capital - YouTube Tá Gozando Rápido Demais ? PASSE ISSO NO SEU PÊNIS para Controlar a Ejaculação Pecado Capital - O que o Dinheiro não Compra (Clip Oficial HD) Como fazer um avião de papel que voa muito longe - YouTube Young Thug - The London feat. Travis Scott & J. Cole Legendado PARE DE CORRER ATRÁS DELA - 3 DICAS Pra ELA Correr Atrás De Você Em Vez Disso Axl Rose contando piada Como se tornar um cara com a pegada perfeita  parte 1 de 3

Como fazer ele durar mais tempo na cama - Women's Health

  1. Como fazer PUFF BAÚ GRANDE // Decor estilo ESCANDINAVO
  2. Pecado Capital - YouTube
  3. Tá Gozando Rápido Demais ? PASSE ISSO NO SEU PÊNIS para Controlar a Ejaculação
  4. Pecado Capital - O que o Dinheiro não Compra (Clip Oficial HD)
  5. Como fazer um avião de papel que voa muito longe - YouTube
  6. Young Thug - The London feat. Travis Scott & J. Cole Legendado
  7. PARE DE CORRER ATRÁS DELA - 3 DICAS Pra ELA Correr Atrás De Você Em Vez Disso
  8. Axl Rose contando piada
  9. Como se tornar um cara com a pegada perfeita parte 1 de 3
  10. DIY: CESTOS ORGANIZADORES COM TAMPAS Viviane Magalhães

O tecido também pode ser lavado à mão, o que permite evitar acúmulo de poeira. Por isso, no assento do puff, ao invés de estofar em definitivo, foi feita uma capa removível, para ser lavada ... A ejaculação precoce é comum na adolescência. A falta de experiência, o medo do mau desempenho ou de que alguém apareça de repente, entre outros fatores, criam um estado de ansiedade que ... Contato para Shows Igor Dib TEL: (35) 9.9176-0660 CEL: (35) 9.9964-5697 • [email protected] _____ O que o Dinheiro não Compra - Pecado Capital Voz: Wallison Dante Voz Guitarra Base ... Simplesmente porque conseguem fazer tudo o que uma mulher gosta, tanto nas preliminares, como na cama. ... Todas as minhas amigas dizem que quando o cara sabe beijar no pescoço e no ouvido, é ... Hoje eu trouxe uma ideia de faça você mesmo bem fácil usando organizadores que podem ser usados tanto na cozinha, como na lavanderia ou no banheiro! Espero que gostem! Stillo Metais e EVA: Cola ... O objetivo disso é fazer com que seja possível modelar a sua capacidade de contar histórias através dos erros e acertos que perceberá na comunicação dos outros. Por fim, mas não menos ... Na verdade Ele fala que saia pra beber com o slash, ele sempre desmaiava, e isso era bom, pq ele ficava com a garota, a menina gritava 'ele mijou na minha cama' e ele consolava ela, Ele diz que ... Ninguém melhor pra me fazer feliz. Vende-se a cama, mas não o sono Já tem tempo que eu não durmo e nem como Na busca incessante de querer mais e mais ... Na mais bela poesia que o poeta criou Nessa faixa, Young Thug, J. Cole, e Travis Scott cantam sobre o que eles fariam no “The London,” um hotel luxuoso de Nova York, com companhia de suas garotas. Explicações dos asteriscos: 1 ... Aprenda como fazer um avião de papel passo a passo que voa muito longe e muito alto! Meu livro mais pasta com material de apoio: https://escafandro.shopk.it/...